icons.title signature.placeholder João Matheus Ferreira
19/02/2015
19:59

A novela que se estendeu por três semanas chegou ao fim da última quarta-feira e o atacante Gilberto foi, enfim, apresentado como reforço do Vasco. Com um contrato de empréstimo até fevereiro do ano que vem e já regularizado, ele demonstrou enorme empolgação na chegada a São Januário e se colocou à disposição do técnico Doriva para o clássico contra o Fluminense, neste domingo, no Nilton Santos. 

- Por mim já jogava no domingo. Sei que dependo dele, mas se me escalar vou estar apto. Estou com muita vontade de jogar. Desde outubro não jogo, mas venho treinando forte para desempenhar um bom papel. Se eu for para o jogo vou ajudar bastante para que o time conquiste o que ele quer - disse.

Antes da apresentação, Gilberto treinou com os reservas e marcou três gols: um no coletivo e dois em uma atividade tática em campo reduzido. Feliz pela volta ao Brasil, ele explicou o motivo de ter feito questão de deixar o Toronto FC, do Canadá, onde tem contrato até o fim do ano que vem.

- Tenho um objetivos de vida. Toronto foi um lugar que me deu uma chegada muito grande no cenário internacional, principalmente depois de um episódio com o Defor, que brigamos por uma falta. Eu queria voltar para o Brasil, meu objetivo maior é um dia chegar à Seleção Brasileira. Não sei se vou conseguir, mas vou tentar de todas as formas e brigar para que isso aconteça - comentou Gilberto.

Aos 25 anos, Gilberto foi revelado pelo Santa Cruz. Após se destacar no primeiro semestre de 2011, foi contratado pelo Internacional. No Sul, pouco jogou, pois acumulou empréstimos para Sport e Portuguesa. No fim de 2013, foi vendido ao Toronto FC por cerca de R$ 7 milhões.