icons.title signature.placeholder Frederico Ribeiro e Thiago Fernandes
icons.title signature.placeholder Frederico Ribeiro e Thiago Fernandes
03/07/2013
16:05

Adversário do Atlético-MG na semifinal da Copa Libertadores, o Newell’s Old Boys (ARG) volta a disputar um clássico diante do Rosário Central (ARG) pelo Campeonato Argentino depois de três anos. O dérbi de Santa Fé está marcado para o dia 20 de outubro, pela 12ª rodada do Torneio Inicial, no Estádio Gigante de Arroyito. O retorno do principal embate rosarino é motivo de preocupação para a cidade.

No duelo que marca o reencontro, ambas as agremiações do município cogitam um público composto apenas por Canalhas, como são conhecidos os torcedores do Central, time mandante. Os Leprosos, adeptos do NOB, portanto, se ausentarão do confronto.

Conhecida por ter uma população fanática pelo esporte, Rosário convive com a violência. Este é um dos motivos pelo qual há a possibilidade de restringir a entrada da torcida rubro-negra no jogo do Torneio Inicial.

E MAIS:
> Em Rosário, figura do craque Messi é ignorada em seu próprio bar
> Na terra de Che Guevara, Atlético-MG quer ir 'hasta la victoria siempre'

A última partida entre as duas equipes ocorreu em 18 de abril de 2010, pelo Torneio Clausura, e o Gigante de Arroyito foi escolhido como o palco. Naquela ocasião, o duelo terminou 1 a 1. Diego Braghieri marcou para os mandantes e Rolando Schiavi, em cobrança de pênalti, igualou o compromisso.

Após o encontro de 2010, o Rosário Central passou três anos na divisão de acesso do futebol argentino. Em contrapartida, o Newell’s é o atual campeão do Torneio Final, no primeiro semestre. A equipe, por sua vez, foi derrotada pelo Vélez Sarsfield (ARG) na decisão do Campeonato Argentino.

Adversário do Atlético-MG na semifinal da Copa Libertadores, o Newell’s Old Boys (ARG) volta a disputar um clássico diante do Rosário Central (ARG) pelo Campeonato Argentino depois de três anos. O dérbi de Santa Fé está marcado para o dia 20 de outubro, pela 12ª rodada do Torneio Inicial, no Estádio Gigante de Arroyito. O retorno do principal embate rosarino é motivo de preocupação para a cidade.

No duelo que marca o reencontro, ambas as agremiações do município cogitam um público composto apenas por Canalhas, como são conhecidos os torcedores do Central, time mandante. Os Leprosos, adeptos do NOB, portanto, se ausentarão do confronto.

Conhecida por ter uma população fanática pelo esporte, Rosário convive com a violência. Este é um dos motivos pelo qual há a possibilidade de restringir a entrada da torcida rubro-negra no jogo do Torneio Inicial.

E MAIS:
> Em Rosário, figura do craque Messi é ignorada em seu próprio bar
> Na terra de Che Guevara, Atlético-MG quer ir 'hasta la victoria siempre'

A última partida entre as duas equipes ocorreu em 18 de abril de 2010, pelo Torneio Clausura, e o Gigante de Arroyito foi escolhido como o palco. Naquela ocasião, o duelo terminou 1 a 1. Diego Braghieri marcou para os mandantes e Rolando Schiavi, em cobrança de pênalti, igualou o compromisso.

Após o encontro de 2010, o Rosário Central passou três anos na divisão de acesso do futebol argentino. Em contrapartida, o Newell’s é o atual campeão do Torneio Final, no primeiro semestre. A equipe, por sua vez, foi derrotada pelo Vélez Sarsfield (ARG) na decisão do Campeonato Argentino.