icons.title signature.placeholder Guilherme Borini
07/07/2014
20:57

O elenco do Vasco finalmente está completo. Após 50 dias afastado para a preparação e a disputa da Copa do Mundo pela seleção do Uruguai, o goleiro Martín Silva, um dos principais destaques do Cruz-Maltino na temporada, está novamente à disposição do técnico Adilson Batista.

Depois de cinco dias de folga desde a eliminação do Uruguai no Mundial, o jogador se reapresentou em Atibaia, no final da tarde desta segunda-feira, e inicia os trabalhos com o restante do grupo nesta terça-feira.

A chegada do jogador foi movimentada. Primeiro, uma atividade em separado de aproximadamente 30 minutos com os preparadores de goleiros. Na sequência, já concedeu entrevista coletiva. Mesmo há quase dois meses sem atuar, o jogador garantiu estar em condições de jogo para enfrentar o Santa Cruz, no próximo dia 15, no retorno do Brasileiro da Série B.

- Estou pronto, porque estava treinando como se fosse jogar no Mundial. Teria que estar no nível do goleiro titular, porque qualquer circunstância teria que jogar. Foram cinco dias de descanso psicológico, mais do que físico, para trocar o chip e pensar no Vasco – disse o camisa 1 vascaíno, que foi reserva de Muslera durante a Copa.

Mesmo distante, Martín Silva disse ter acompanhado os últimos jogos do Vasco antes da paralisação e aprovou o desempenho de Diogo Silva, seu substituto no período.

- Vi todos os jogos, alguns bons outros ruins, mas por sorte terminou com uma vitória, que a equipe estava precisando. Vi atuações muito regulares do Diogo. Fiquei contente. Também vi que Guiñazú voltou de lesão, uma noticia que me deixa muito contente.

Saudado pelos atletas na chegada ao gramado, nos instantes finais do treinamento da tarde desta segunda-feira, o jogador enalteceu o ambiente entre os companheiros de time e espera que a alegria ajude na recuperação da equipe na Série B.

- Recepção muito boa. Foi rápida, mas com muitas brincadeiras, como sempre. Um clima muito alegre, que é importante. Sabemos que temos um desafio muito importante pela frente e é bom trabalhar neste ambiente – concluiu.

Com Martín Silva e também com a volta do atacante Kléber Gladiador, que foi liberado do treino desta segunda-feira para resolver problemas particulares em Belo Horizonte, os jogadores vascaínos retornam às atividades na manhã desta terça-feira, em Atibaia, onde o elenco realiza um período de treinamentos até o próximo dia 12.