icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/07/2013
16:34

A Seleção Brasileira fez seu primeiro treino no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília (DF), visando o confronto contra a Bulgária pela Liga Mundial, nesta quarta-feira. O primeiro jogo será na próxima sexta, às 10h, com o Brasil tentando se recuperar da derrota para a França no último fim de semana, única do país no torneio.

A Bulgária lidera o Grupo A, com 14 pontos, enquanto o Brasil aparece logo atrás, com um a menos.

- É uma semana de pressão, uma semana difícil. A Bulgária tem um ponto na nossa frente e sabemos da dificuldade que vamos enfrentar. É um time grande e que vem com muita confiança, muita moral. Isso é preocupante. Além disso, eles têm um dos melhores atacantes do mundo, que é o Sokolov, então nós temos que jogar bem, com disposição e muita vontade - afirmou o treinador.

O central Lucão ressaltou que o apoio da torcida será importante para que o Brasil saia com a vitória.

- É sempre muito bom jogar aqui em Brasília, já que o ginásio fica lotado. Sabemos que na sexta-feira jogaremos em um horário um pouco complicado, mas no sábado acredito que vamos ter casa cheia. A torcida aqui sempre foi muito a favor de nossa equipe sempre ajudou bastante. Vamos contar mais uma vez com o apoio dos brasilienses, já que sabemos que vão ser jogos muito difíceis. A Bulgária tem um poder de ataque muito forte e temos que encaixar bem o saque para dificultar o ataque deles - disse o jogador.

O jogo na sexta-feira será às 10h, enquanto no sábado será às 10h10. Depois, a equipe irá encarar os Estados Unidos, no Maracanãzinho (RJ), nos dias 13 e 14.

A Seleção Brasileira fez seu primeiro treino no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília (DF), visando o confronto contra a Bulgária pela Liga Mundial, nesta quarta-feira. O primeiro jogo será na próxima sexta, às 10h, com o Brasil tentando se recuperar da derrota para a França no último fim de semana, única do país no torneio.

A Bulgária lidera o Grupo A, com 14 pontos, enquanto o Brasil aparece logo atrás, com um a menos.

- É uma semana de pressão, uma semana difícil. A Bulgária tem um ponto na nossa frente e sabemos da dificuldade que vamos enfrentar. É um time grande e que vem com muita confiança, muita moral. Isso é preocupante. Além disso, eles têm um dos melhores atacantes do mundo, que é o Sokolov, então nós temos que jogar bem, com disposição e muita vontade - afirmou o treinador.

O central Lucão ressaltou que o apoio da torcida será importante para que o Brasil saia com a vitória.

- É sempre muito bom jogar aqui em Brasília, já que o ginásio fica lotado. Sabemos que na sexta-feira jogaremos em um horário um pouco complicado, mas no sábado acredito que vamos ter casa cheia. A torcida aqui sempre foi muito a favor de nossa equipe sempre ajudou bastante. Vamos contar mais uma vez com o apoio dos brasilienses, já que sabemos que vão ser jogos muito difíceis. A Bulgária tem um poder de ataque muito forte e temos que encaixar bem o saque para dificultar o ataque deles - disse o jogador.

O jogo na sexta-feira será às 10h, enquanto no sábado será às 10h10. Depois, a equipe irá encarar os Estados Unidos, no Maracanãzinho (RJ), nos dias 13 e 14.