icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
20/02/2015
21:37

O primeiro dia de competição em Vargas, Venezuela, pela quarta etapa do Circuito Sul-Americano de vôlei de praia, foi bem tranquilo para as duas duplas que representam o Brasil. A estreia verde-amarela foi com duas vitórias em cada naipe, nesta sexta-feira, mesmo com um vento forte atrapalhando um pouco o desempenho dos atletas.

As primeiras a entrarem em quadra foram Fê Berti e Taiana (RJ/CE) que derrotaram as irmãs venezuelanas Karen e Karol Garcia por 2 sets a 0 (21/6 e 21/5). Na outra partida do dia, as brasileiras passaram pelas argentinas Zonta e Peralta também por 2 sets a 0 (21/11 e 21/16). Com o resultado, Fê Berti/Taiana assume a liderança do grupo B. Neste sábado (21.02), elas enfrentam as chilenas Rivas e Mardones.

Mesmo sem conhecer bem as adversárias, a cearense Taiana contou que o importante foi impor o ritmo de jogo em cada confronto. A atleta disse ainda que já buscou "espiar" outras duplas para se preparar para possíveis duelos nas próximas fases da etapa.

- O objetivo é jogar sempre no nível máximo e manter a concentração. Eu não conhecia as irmãs Garcia, mas já tinha jogado contra uma das argentinas em uma Continental Cup. Hoje fiquei na arena assistindo um pouco dos jogos dos outros times, caso jogue contra algum. Aí já vou ter alguma informação. O mais importante é jogar no nosso ritmo e tomando a iniciativa. - completou a atleta.

No naipe masculino a história não foi diferente. Oscar/Thiago (RJ/SC) começou na competição com dois resultados positivos. Primeiro, 2 sets a 0 contra Tenório/Jaramillo do Equador (21/9 e 21/15). Na sequência, os brasileiros levaram a melhor sobre uma parceria da casa, Hernadez/Maduro, por 2 sets a 0 (21/17 e 21/12). Oscar e Thiago terminaram o dia na liderança do grupo B, e fazem o último confronto da fase classificatória neste sábado contra outros venezuelanos, Golindano/Salazar

A falta de informação sobre os adversários também não foi problema para Oscar, que ainda elogiou a estrutura da arena, e lamentou a dificuldade imposta pelo vento.

- Não conhecíamos as duplas que enfrentamos hoje, mas conseguimos impor nosso ritmo de jogo. A estrutura aqui é bem legal, a arena fica dentro de um estádio. Só que a areia está bem dura. Thiago conseguiu bloquear e fazer a diferença. No segundo jogo foi mais equilibrado o primeiro set, estava ventando muito. Mas jogamos bem. Amanhã vai ser o jogo mais difícil do grupo, contra a outra dupla venezuelana, que tem melhor ranking que aquela que enfrentamos hoje. - comentou Oscar

BRASIL NO CIRCUITO SUL-AMERICANO 14/15:

1ª Etapa - Esmeraldas (EQU) 
Jô/Léo Vieira (PB/DF) e Duda/Carolina Horta (SE/CE) - ouro 
Elize Maia/Josi (ES/SC) - prata 
Daniel Lazzari/Felipe Cavazin (SC/PR) - bronze

2ª Etapa - Montevidéu (URU)
Fabíola/Thais (DF/RJ) - ouro
Bernardo Lima/Ramon Gomes (CE/RJ) - prata
André/Marcus Borlini (ES) - bronze

3ª etapa - La Serena (CHI)
Bruno/Hevaldo (AM/CE) - ouro
Lili/Rebecca - bronze