icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/11/2013
22:30

O Internacional perdeu uma ótima chance de liquidar as chances de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. O colorado jogou muito bem, em um Centenário tingido de vermelho. Bombardeou o Coxa do inicio ao fim, perdeu inúmeras oportunidades de gol, mas não conseguiu a vitória e os três pontos tão desejados. O placar de 0 a 0 deixou o Inter com 46 pontos e ainda com possibilidades de rebaixamento, embora remotas. Vanderlei fechou o gol e impediu o time paranaense de sair com a derrota. No entanto, o Coritiba não viu a cor da bola e está cada vez mais perto da Segunda Divisão de 2014.

Para os jogadores do Inter, faltou sorte na partida. O atacante Jorge Henrique afirmou que o time vai continuar trabalhando pra afastar qualquer chance de rebaixamento.

– A bola não está entrando. Fizemos um bom jogo mas a bola não entrou. Vamos trabalhar agora pra bola entrar no próximo jogo contra o Corinthians – disse o atacante.

O centroavante Damião lamentou o gol 'feito' que perdeu na primeira etapa.

– Eu dei azar, peguei errado na bola. Eu estou há um mês sem jogar bola. Temos que matar logo o jogo pra não nos lamentarmos depois. O torcedor está certo de reclamar. Nós jogamos bem, mas perdemos muitos gols. Vamos partir pra cima do Corinthians no Pacaembu. Se jogarmos como jogamos hoje a gente consegue ganhar. O grupo está unido e vamos dar continuidade ao nosso trabalho – disse Damião.

Logo após o término da partida, o volante Willians reclamou do treinador Clemer em relação a falta de substituições na partida.

– Tem jogador e não bota pra jogar. Esperar até o último pra não colocar nenhum. Tem três substituições e não faz nenhuma – reclamou Willians.

Na coletiva de imprensa após a partida, o treinador Clemer justificou o empate e comentou a declaração feita pelo volante Willians.

– Nós não demos sorte, perdemos muitos gols e a bola não entrou. Futebol é assim, faltou tranquilidade pra sair o gol. Quanto ao Willians, isso é cabeça quente, coisa que se fala quando acaba o jogo. Já foi resolvido no vestiário. Discussão no trabalho existe, mas sempre é resolvido, faz parte da vida – disse o treinador.

Quando perguntado sobre o porque de não ter substituído e não ter colocado o Forlán, o treinador foi enfático.

– Hoje eu joguei praticamente com três atacantes, nenhum dos três estava mal, ia colocar o Forlán aonde? O Josimar foi um dos melhores em campo. Eu tentei colocar o Alex ali no meio, que tem um chute bom. Mas infelizmente não é só sair colocando atacante em um jogo perigoso como esse. Eu não podia me abrir assim, o time deles era rápido e jogava no contra-ataque – disse Clemer.

Em seguida, o treinador explicou que não há problemas no time e que o grupo é unido.

– O clima tá do mesmo jeito que sempre foi, tranquilo, sem problema nenhum. Não adianta a gente criar problema em uma declaração que não vai influenciar em nada. Eu estou aqui pra fazer o meu melhor e ajudar o Inter a conquistar as vitórias. O que vai acontecer depois só Deus sabe. Meus jogadores falam que nós estamos juntos, todos no mesmo barco, fazendo de tudo para que o Inter vença – concluir o treinador.

O Inter enfrentará o Corinthians, no Pacaembu, no dia 30/11, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.