icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/02/2015
15:13

O ex-médico da Roma, Mario Brozzi, demonstrou nesta terça-feira sua preocupação com o futuro da carreira do volante Strootman, um dos destaques da equipe giallorossa. 

O motivo é uma operação mal sucedida em seu joelho esquerdo, que pode impedi-lo de atuar em alto nível, abreviando sua carreira de forma precoce. 

Strootman, de 25 anos, passou por cirurgia para reconstruir os ligamentos do joelho esquerdo, rompidos em março, deixando o volante de fora da disputa da última Copa do Mundo. 

Em entrevista a um programa de tevê italiano, Brozzi falou sobre a situação do jogador, ressaltando que Strootmand pode nunca mais voltar a ser o mesmo. 

- O dano cartilaginoso é determinado pelo déficit de extensão dos nervos. Se esta for a situação, não vejo volta a ele, mas não cabe a mim dizer se ele necessitará ou não de uma nova cirurgia - explicou o médico.

Curiosamente, outro jogador holandês teve sua carreira abreviada por lesões. Marco Van Basten se aposentou aos 30 anos após seguidas lesões nos tornozelos. Recentemente, Everton Costa teve sua carreira encerrada devido a problemas no coração.