icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/12/2013
15:58

A noite de terça-feira foi marcada por um triste acontecimento para o volante Gustavo Henrique, do Náutico. O atleta foi agredido por membros de torcida organizada, dentro das dependências dos Aflitos. Gustavo Henrique foi atingido pelas costas por estar vestindo uma camisa rosa, fato que não agradou os agressores, membros da torcida Fanáutico. Um funcionário do clube confirmou a história para o site SuperEsportes.

- Quando eu cheguei, a confusão já estava acontecendo. Foram os meninos da organizada, sim. Botei todos para fora. Eles viram Gustavo lá dentro e iniciaram a discussão. Não sei se pela situação do time ou se por que ele estava de rosa, como me disseram- afirmou o homem, que não quis se identificar.  

O jogador tem 21 anos, é oriundo das categorias de base do Timbu, e tem o costume de ir, toda terça-feira, à sede do clube para promover culto evangélico junto com os ex-companheiros de base. Já os torcedores estavam no local para assistir à uma partida de futsal do time Alvirrubro contra o rival Sport. Esses mesmos torcedores já tinham participado de outra confusão na sede do clube, essa no sábado durante uma confraternização do grupo, autorizada pela diretoria.

Através de sua assessoria de imprensa, Gustavo Henrique confirmou que foi agredido por estar vestindo uma camisa rosa e não quis mais falar sobre o ocorrido.

- Foi algo que aconteceu, só que eu não quero me indispor ainda mais, mas, para mim, já morreu. Vai ser algo tratado internamente e eu não quero mais expor sobre esse assunto - disse o atleta.