icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
29/11/2014
14:07

Depender de outros resultados para atingir um objetivo é o pesadelo de qualquer time de futebol. No entanto, se há algo ainda mais frustrante é justamente quando as coisas acontecem de acordo com o que se torcia, mas a própria equipe não faz a sua parte. O Ceará se vê obrigado hoje na última rodada da Série B a torcer contra quatro rivais na luta pela última vaga na Série A em 2015, além de precisar vencer seu jogo. Para o volante Michel, a situação é de fato desconfortável, mas uma lição recente precisa ser lembrada neste sábado.

- Realmente os resultados não aconteceram como esperávamos, e os outros quatro clubes que estavam na nossa frente, assim como nós, também ganharam. Quando iniciarmos o jogo contra o Luverdense, teremos que esquecer inteiramente das outras partidas e pensar única e exclusivamente em vencer. Isso é o máximo que poderemos fazer para nos ajudar, já que o resto infelizmente não dependerá da gente - disse o experiente jogador.

Sobre que tipo de motivação poderão ter os adversários dos rivais do Ceará nas respectivas partidas, Michel destaca o profissionalismo dos jogadores dessas equipes.

- Todo atleta sabe que um dia pode estar nessa situação, necessitando de outros resultados para subir de divisão, não cair ou mesmo obter uma vaga para outra competição. Confio no caráter dos jogadores em questão e sei que se por ventura eles perderem seus jogos, será em função do outro clube ter sido realmente melhor e não por ter mais garra - definiu.