icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
27/02/2015
09:50

Willian Magrão não ficou muito tempo em sua passagem pela Ponte Preta em 2012 - logo despertou o interesse do Cruzeiro. Mas foi o suficiente para criar um carinho pelo clube. Neste sábado, às 21h, no Moisés Lucarelli, o joagador reencontra a Macaca vestindo as cores do Red Bull e não faz questão de esconder que será uma partida especial.

- É um time que graças a Deus tive uma passagem muito boa. Claro que não foi muito tempo. Mas foi o suficiente parar deixar um sentimento muito grande pela Ponte Preta. O respeito é enorme. Sempre fui muito bem tratados por todos os profissionais de lá e pelos torcedores também - afirma o volante, um dos destaque do Red Bull neste Paulistão.

Mas Willian Magrão quer a vitória. Sabe que seu time precisa dos três pontos. Por isso a conversa dentro do grupo é para fazer desse duelo um divisor. No momento, o Red Bull ocupa a quarta posição do Grupo 1, com oito pontos somados em seis jogos. São duas vitórias, dois empates e duas derrotas.

- É um jogo importante para as nossas pretensões na competição. Temos a convicção que para estarmos entre os primeiros não podemos deixar passar essa oportunidade, pois a cada jogo que não conseguimos os três pontos vai ficando mais complicado. Conversamos muito e trabalhamos bastante durante a semana para corrigirmos nossos erros e vencer esse jogo tão importante - analisou Willian Magrão, que tem um gol marcado no Paulistão, na vitória por 3x2 em cima do Bragantino, fora de casa.