icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/12/2013
19:17

A diferença que separa o Vivo/Minas e o RJX na tabela da Superliga Masculina é de apenas três posições. Porém, as campanhas dos times, que se enfrentam nesta quarta-feira, às 19h30, na Arena Vivo, pela nona rodada, são bastante distintas. Enquanto o time mineiro, sexto colocado, soma nove pontos, com três vitórias e três derrotas, os cariocas seguem invictos após sete jogos, e ocupam a terceira posição, com 20.

Por isso, os comandados de Horacio Dileo apostam que o fator casa pode ser um diferencial. Além disso, a equipe conta com dois atletas que estiveram na Seleção Brasileira na conquista da Copa dos Campeões, no Japão: os ponteiros Maurício Borges e Lucas Loh.

– Senti que voltei com uma motivação muito grande, querendo mostrar serviço para ser lembrado sempre. Estou cada vez com mais vontade de ocupar o meu espaço em quadra. E, justamente por ter estado ao lado dos jogadores que estarão do outro lado da rede amanhã, sei que teremos um jogo dificílimo. Vamos jogar contra os melhores – disse Lucas Loh.

Pelo time carioca, o levantador Bruninho, o ponteiro Thiago Alves e o líbero Mário Jr também intregraram o grupo verde e amarelo. Embora a equipe viva um momento delicado, em razão da saída de sua ex-patrocinadora e possível perda de novos atletas (o central Maurício já deixou o time), o grupo vem motivado pelo último triunfo, conquistado em cima do Vôlei Brasil Kirin.

– O nosso time perdeu um pouco do entrosamento por estarmos fora, com a seleção, mas ficamos felizes pela vitória sobre o Brasil Kirin, no último sábado. Agora temos uma sequência pesada, contra times fortes como o Minas e o Sesi, mas continuamos invictos na competição e queremos manter esse nível – afirmou Thiago Alves.