icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/03/2014
17:54

O Barcelona conseguiu vencer o Real Madrid no fim de semana, mas Neymar não escapou de receber críticas. Até Johan Cruyff, um dos maiores ídolos da história do time, não poupou o brasileiro. Poucos dias depois, o craque respondeu em campo. Nesta quarta-feira contra o Celta, no Camp Nou, marcou dois gols e foi um dos melhores em campo na vitória por 3 a 0.

A nota negativa ficou para a lesão de Valdés. O goleiro rompeu o ligamento cruzado do joelho direito e não atua mais pelo clube catalão - já que havia anunciado que não continuaria vestindo as cores blaugranas após o fim da temporada. Ele também não vai estar com a delegação da Espanha na Copa do Mundo, pois o tempo de recuperação indicado pelos médicos é de cerca de seis meses.

Com o resultado, o Barcelona chega aos 72 pontos, dois a mais que Atlético de Madrid e Real Madrid, que ainda jogam nesta quarta-feira. Na próxima rodada, o Barça tem o dérbi da Catalunha contra o Espanyol fora de casa. O Celta recebe o Sevilla em Vigo.

O JOGO
Mesmo com todas as críticas que recebeu, Neymar voltou a ter a confiança de Tata Martino e foi titular. Foi diretamente para o lado esquerdo, aonde se sente mais confortável. Não chegou a ser brilhante, mas chamou o jogo já desde o início. Teve as companhias de Messi e Sánchez na frente, com o argentino centralizado, e Song, Fàbregas e Iniesta no meio.

O Barcelona foi superior desde o início. Aos quatro minutos saiu um gol (bem) anulado de Messi, e logo depois Neymar abriu o placar. Sánchez recebeu de Iniesta, invadiu a área, e o brasileiro ficou livre para completar e marcar.

Neymar continuou bem. Movimentando-se o tempo todo, tentando entrar no jogo coletivo do Barça. Ao mesmo tempo, Messi também fazia o mesmo, e a dupla se destacava na partida. As oportunidades de gol continuaram a aparecer, o Celta pouco fazia, teve chance em cobrança de falta, em que Valdés acabou se machucando e saiu, mas não demonstrava resistência.

O segundo gol do Barcelona acabou saindo naturalmente. Iniesta achou ótimo passe para Messi, que deixou dois para trás, driblou o goleiro e finalizou.

Messi também esteve bem na partida no Camp Nou (Foto: Lluis Gene/ AFP)

SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, o jogo seguiu com o mesmo ritmo, mas em determinados momentos o Celta tentava se animar e atacar. Até obrigou Pinto a fazer duas grandes defesas na mesma jogada, em chutes de Fernández e Mina.

Mas quando o Barcelona apertou... Saiu o gol, e novamente de Neymar. Após contra-ataque, Sánchez acertou um grande lançamento para o brasileiro, que não se intimidou com os dois marcadores e chutou. A bola ainda desviou na defesa antes de entrar.

Pouco depois, Tata Martino tirou o brasileiro, e todas as críticas transformaram-se em aplausos no Camp Nou. Daí para o fim, pouco aconteceu, e o Barcelona levou a vitória com tranquilidade, que o deixa ainda forte na briga pelo título do Campeonato Espanhol.

CONFIRA A 30ª RODADA DO CAMPEONATO ESPANHOL
Terça-feira
Málaga 1x2 Espanyol
Elche 0x0 Bilbao

Quarta-feira
Barcelona 3x0 Celta
Rayo Vallecano x Osasuna
Atlético de Madrid x Granada (18h, de Brasília)
Sevilla x Real Madrid (18h, de Brasília)

Quinta-feira
Getafe x Villarreal
Real Sociedad x Valladolid
Almería x Valencia
Levante x Betis