icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
09/02/2015
22:41

A polêmica montagem veiculada na Internet que troca as letras presentes no escudo do Vitória - Esporte Clube Vitória - pela palavra "vice" rendeu nesta segunda-feira uma decisão judicial favorável ao Rubro-Negro baiano. Nesta segunda-feira, o jornal "Correio da Bahia" foi condenado a pagar R$ 10 mil ao clube por danos morais.

Ao apresentar, em 2013, o confronto entre Atlético-PR e Vitória em seu site, o "Correio da Bahia" trocou o escudo original do Vitória pela montagem que traz a palavra "vice". Em julgamento, a juíza considerou procedente a ação do Leão da Barra:

"No caso em tela, o autor alega que teria sofrido danos morais, em virtude de ter sido publicado pela empresa ré, o escudo do time com a inclusão indevida da letra 'i', transformando as iniciais ECV (Esporte Clube Vitória), na palavra 'VICE'.".

Em seguida, a sentença disse que o erro "fere a honra" do Leão da Barra, apelidado de "Vicetória" pelos torcedores do Bahia:

"A alteração é motivo de muitas brincadeiras pelos torcedores do time rival no Estado, que sempre brincam com o time autor, afirmando que ele somente tem competência para ser vice-campeão".

O "Correio da Bahia" ainda tem possibilidade de recorrer da decisão. A gafe já ocorreu no ingresso oficial do duelo entre Nacional de Medellín (COL) e Vitória, pela Copa Sul-Americana, e até na Arena Fonte Nova