icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/06/2014
18:01

Depois de um início irregular na Liga Mundial de Vôlei, os jogadores brasileiros já atestaram um dos problemas da equipe neste início de temporada. Está faltando confiança. Os próximos duelos, contra o Irã, pela terceira rodada, acontecerão nesta sexta e no sábado, às 10h (de Brasília). E o oposto Leandro Vissotto espera uma reação do grupo.

– Nós estamos mesmo precisando de um embalo. Perdemos um pouco da confiança pelas derrotas que tivemos (duas contra a Itália e uma contra a Polônia), e temos que vencer para a confiança voltar e nós seguirmos batalhando nessa caminhada – afirmou Vissotto.

O oposto, de 31 anos, acredita que o Brasil terá a partir de agora uma sequência de partidas decisivas para determinar os próximos passos do time no torneio. Depois de encarar os iranianos, o time de Bernardinho voltará e enfrentar a Itália e a Polônia.

– Amanhã é a primeira de várias decisões que teremos pela frente. O Irã tem feito bons jogos, é um time que evoluiu muito nos últimos tempos. Nós temos que minimizar os erros, que foram muitos até aqui, e tirar o peso de não termos feitos boas atuações, para sairmos com as vitórias – comentou.

Após duas rodadas e quatro jogos, o Brasil ocupa a terceira colocação do Grupo A, com três pontos. A Itália lidera a chave, com 12 pontos, seguida pela Polônia, que tem três, mas leva a melhor sobre a Seleção nos critérios de desempate.