icons.title signature.placeholder Bruno Giufrida
07/12/2013
12:37

A manhã deste sábado foi especial para o técnico Claudinei Oliveira. Depois de exatos seis meses e sete dias como treinador do Peixe, ele comandou seu último treino no CT Rei Pelé. Com o clima descontraído, os atletas disputaram o famoso rachão, que contou até com o roupeiro e com Cícero jogando de goleiro.

A atividade que antecedeu o jogo deste domingo, contra o Goiás, no Serra Dourada, às 17h, foi facultativa para os jogadores que não serão relacionados para a última rodada do Brasileirão. Galhardo, Vladimir, Marcos Assunção, Renê Júnior e Renato Abreu não foram a campo.

Edu Dracena, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, recebido na vitória por 2 a 1 diante do Atlético-PR, também não treinou. O jogador, entretanto, marcou presença no banco de reservas ao lado da comissão técnica na última atividade comandada pelo técnico Claudinei Oliveira.

Em contrapartida, o lateral-esquerdo Paulo Henrique, que não faz mais parte do elenco, mas utiliza a estrutura do CT Rei Pelé para tratar uma lesão no joelho esquerdo, participou do rachão.

O dia especial para o treinador também contou com a visita dos amigos que trabalharam com ele no futebol de base do clube. Após o treino, alguns ex-companheiros de comissão técnica o abraçaram, ao lado do gramado. Enquanto acontecia o rachão na metade do campo, o filho do técnico e alguns colegas brincavam com bola na outra metade.

A semana terminou como começou para o Peixe: sem treino tático. O técnico explicou que não havia necessidade de realizar a atividade, já que o Alvinegro não tem mais pretensões no Brasileirão, sem chances de ir para a Libertadores ou de cair para a Série B.

- Se vocês observarem, desde a semana do pré-jogo contra o Fluminense não temos feito táticos, coletivos, porque entendemos que o jogador sabe que não vai chegar a lugar nenhum. Não fizemos esses trabalhos até porque a forma de jogar está bem definida, no final estamos mantendo a mesma equipe – disse o treinador em sua última entrevista coletiva pelo clube no CT Rei Pelé, nesta sexta-feira.

Mesmo sem esboçar a equipe, Claudinei, que tem apenas o desfalque do capitão Edu Dracena, deve escalar o Alvinegro para enfrentar o Goiás em sua despedida com: Aranha, Cicinho, Gustavo Henrique, Durval e Mena; Alison, Arouca, Cícero e Montillo; Thiago Ribeiro e Geuvânio.