icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!/RADAR
11/02/2015
19:35

Nesta quinta-feira, o Nova Iguaçu recebe o Volta Redonda, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Carioca. O jogo está marcado para às 17h e será realizado no Estádio Jânio Moraes, o "Laranjão". Apostando nos bom resultados como visitante, o Voltaço ainda espera um tropeço de Flamengo (que pega a Cabofriense, em casa, nesta quarta, às 22h) ou Vasco (que pega o Macaé, também em casa, nesta quinta, às 19h).

O Volta Redonda, que na última segunda-feira comemorou 39 anos de sua fundação, busca manter o bom retrospecto fora de casa, uma vez que tem 100% de aproveitamento como visitante. Na estreia, a equipe venceu o Barra Mansa, por 1 a 0. Apesar de o duelo ter ocorrido no Raulino de Oliveira, o adversário era o mandante. Já contra o Cabofriense, na última rodada, o Voltaço venceu por 3 a 1, de virada, no Nesta quinta-feira, o Nova Iguaçu recebe o Volta Redonda, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Carioca. O jogo está marcado para às 17h e será realizado no Estádio Jânio Moraes, o "Laranjão". Apostando nos bom resultados como visitante, o Voltaço ainda espera um tropeço de Flamengo (que pega a Cabofriense, em casa, nesta quarta, às 22h) ou Vasco (que pega O Macaé, também em casa, nesta quinta, às 19h).Estádio Alair Corrêa.

Um dos personagens da vitória tricolor sobre o time do litoral, o zagueiro Luan falou sobre o bom momento do Volta Redonda.

- Fizemos uma boa pré-temporada e estamos colhendo frutos agora nesse início de campeonato. A gente sabe que o Nova Iguaçu será mais um adversário difícil, fora de casa, mas vamos em busca de mais três pontos para nos mantermos na cola dos líderes e tentar ficar entre os quatro que vão às semifinais - afirmou o jogador.

Luan ainda comentou sobre o gol marcado diante da Cabofriense.  

-Tenho treinado bastante a bola aérea e tem dado resultado. Contra o Botafogo quase saiu, mas o Jefferson acabou fazendo duas grandes defesas. Já contra a Cabofriense fui abençoado com um gol importante. Valeu a insistência. Agora, é continuar trabalhando para que as coisas permaneçam dando certo”, finalizou.

E MAIS:
> Tendo Paulo Victor como exemplo de superação, Fla encara Cabofriense
> Doriva repete escalação no último treino antes do jogo contra o Macaé

Esperança de visitante

Após três jogos fora de casa, o Nova Iguaçu terá nesta quinta-feira a primeira oportunidade de atuar no Laranjão na temporada, o que o time também encara como a chance de conquistar sua primeira vitória no Estadual.

Para isso, jogadores e comissão técnica contam com o apoio da torcida laranja. Na temporada passada, contando apenas os jogos realizados entre os clubes de menor investimento, o Nova Iguaçu teve a melhor média de público total no Carioca: 665 pessoas por jogo, contra 614 do Friburguense, segundo colocado. O treinador Eduardo Àllax chama a torcida e espera um jogo pegado.

- É fundamental que a torcida nos apoie nesse momento difícil e passe sua confiança e empolgação para dentro do campo. Vamos enfrentar um adversário muito bem montado pelo seu treinador, que tem uma proposta de contra-ataque e uma bola parada muito bem definidas. Temos um estilo de jogo de mais toque de bola, então os dois times se encaixam. Vai ser um jogo muito disputado - afirmou.

Até aqui, o Nova Iguaçu somou apenas um ponto em três jogos, ao empatar na estreia contra o Tigres do Brasil, em Xerém. Depois, foram duas derrotas, para Fluminense (4 a 1, em Édson Passos) e Macaé (2 a 1, em Macaé). No último domingo, no Estádio Moacyrzão, o Nova Iguaçu foi superior durante todo o primeiro tempo, mas não conseguiu pontuar. Eduardo Àllax acredita que está faltando sorte.

- Fizemos um jogo com personalidade, posse de bola. Precisamos ter um pouco mais de sorte e não sofrer gols em momentos em que dominamos o jogo. Até o primeiro gol, o Macaé não tinha ido na nossa área. Empatamos no segundo tempo e, no minuto seguinte, tomamos o gol. Estamos tendo um pouco de infelicidade e isso acaba desestabilizando a equipe emocionalmente. Espero que quinta-feira tudo aconteça a nosso favor - disse.