icons.title signature.placeholder Gabriel Carneiro e Lucas Faraldo
14/06/2014
09:00

O atacante Marcelo é um sonho da diretoria do Corinthians desde o fim do ano passado, quando se destacou pelo Atlético-PR. Nesta semana, entretanto, o negócio avançou, e os clubes começaram a conversar diretamente sobre a possibilidade de liberação.

Pesa a favor do clube paulista nessa negociação o alinhamento com um grupo de investidores capitaneado pelo empresário Giuliano Bertolucci. Pelo que o LANCE!Net apurou, o fundo até já ofereceu 8 milhões de euros (R$ 24 milhões) ao Furacão, com a ideia de repassar 50% dos direitos e colocá-lo no Timão como vitrine.

De acordo com a versão oficial do Corinthians, as conversas têm sido conduzidas diretamente com o Atlético-PR, sem a ajuda de intermediários no momento. O único problema é a questão financeira, pois o clube dono de 90% dos direitos de Marcelo não aceita diminuir a pedida. Empresários aceitam pagar o valor total. O Timão, não.

Além da indecisão sobre a viabilidade do negócio, a novela que virou a contratação de Marcelo também já irrita os representantes do atacante. A alegação é de que o Corinthians negocia com o Atlético-PR, mas ainda não conversou com o próprio jogador para discutir salários e tempo de contrato ou apresentar um projeto de carreira à revelação do Brasileirão de 2013.

– Comigo ninguém falou. Nenhuma ligação, nenhuma mensagem, nada. E eu posso garantir que o Marcelo não sai do Atlético se não for uma proposta muito boa para ele. Nunca me perguntaram como é o contrato, ou traçaram um plano de carreira para ele – desabafou Pablo Miranda, empresário do atleta.

Marcelo renovou no início do ano e está vinculado ao Furacão até 2016. Em férias em Maringá (PR), o jogador (que é corintiano de infância) aguarda o capítulo final.


BATE-BOLA com Pablo Miranda
Empresário de Marcelo, ao LANCE!Net

Alguma novidade da negociação entre Corinthians e Marcelo?
Como vai haver novidade se não há proposta? O Atlético-PR tem propostas de grupos de investidores e eu tenho a informação que um deles está alinhado com o Corinthians. Mas comigo ninguém falou nada, nem mostrou interesse. Então estamos nesse impasse no momento.

Os empresários estão perto de comprar os direitos do Marcelo?
Ele é a vedete dos investidores, porque é jovem, tem rendido bem, foi destaque do Brasileirão e certamente dará retorno a quem comprar. Mas eu penso na necessidade de um projeto de carreira para ele se desenvolver.

E o Corinthians pode ser um bom caminho para o desenvolvimento?
O Corinthians tem sim a acrescentar na carreira dele, o problema é que nunca se discutiu a parte do jogador.

Como está a situação dele no Atlético-PR atualmente?
Tem contrato longo, e bom, uma vida estável em Curitiba e está se tornando um ídolo do clube. Poderia ficar muitos anos no Atlético, mas se há o interesse do Corinthians podemos conversar.