icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/04/2014
09:43

O Villarreal repudiou o ato de racismo ao qual o lateral-direito do Barcelona, Daniel Alves, na partida deste domingo entre as duas equipes no Estádio El Madrigal. O clube publicou um comunicado onde indicar que esse titpo de atitude "não cabe no mundo do esporte".

"Como esportistas, um dos valores que mais nos preocupamos em cuidar e promover é o respeito à equipe adversária, ao árbitro e à torcida rival. É uma pena ver que um ignorante é capaz de fzer algo tão lamentável. Não cabe no mundo do esporte e ainda menos dentro de nossa casa #NoAlRacismo" - foi o comunicado divulgado pelo Villarreal.

A mensagem teve mais de 500 compartilhamentos e mostra que o clube reprova a atitude de seus próprios torcedores. No entanto, o Villarreal corre o risco de ser punido pela Real Federação Espanhola de Futebol. O árbitro da partida Fernández Borbalán citou o caso na súmula, que será analisada pela entidade.

Aos 30 minutos do segundo tempo, quando foi cobrar um escanteio, uma banana foi atirada contra Daniel Alves. O lateral-direito recolheu a fruta do gramado e a comeu. O Barcelona venceu o jogo por 3 a 2 e o lateral participou de dois dos três gols do Barça.