icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
03/02/2015
11:17

O argentino Guillermo Vilas poderá ser considerado número 1 do mundo após 40 anos de atraso. De acordo com o jornal AS, A ATP vem realizando um estudo de revisão dos cálculos na pontuação do início da década de 70.


Caso a entidade confirme o topo do ranking para Vilas, seria o primeiro latinoamericano a ter alcançado o primeiro posto, superando o chileno Marcelo Ríos que ocupou o topo em 1998 por seis semanas. Gustavo Kuerten, com 43 semanas, é o com maior atividade no topo na região.

A situação já ocorreu no feminino com a australiana Evonne Goolagong sendo condecorada número 1 após 31 anos de atraso.