icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/04/2014
10:10

O grito é antigo e vem sendo repetido à exaustão pelos alvinegros desde o domingo passado: “O Santos é o time da virada. O Santos é o time do amor”. Mais do que na qualidade técnica do time, dono da melhor campanha e do melhor ataque do Paulistão, o Peixe se apega a episódios heróicos e de superação em seu passado para reverter a vantagem do Ituano e conquistar o seu 21º título paulista neste domingo.

No entanto, a motivação não vem apenas do passado. Além dos discursos inflamados do técnico Oswaldo de Oliveira, o clube utilizará de outras armas para incentivar ainda mais o elenco antes da decisão. A equipe da Santos TV preparou um vídeo com depoimentos de familiares, amigos e pessoas próximas dos atletas, além de mensagens de incentivo de torcedores.

Ontem, o grupo também viu outro vídeo, mas este mais técnico, com jogadas do Ituano que podem representar perigo na final do Pacaembu.

– Uso as mais diversas ferramentas. Eu acredito muito no audiovisual e acho que ele pode ser decisivo, e em alguns momentos da minha carreira ele foi. Já tivemos sucesso com essa participação mais efusiva, mais eficiente. E nós estamos preparando de todas as formas para que realmente o jogador entre motivado e confiante acima de tudo – disse o técnico Oswaldo de Oliveira.

O Peixe tratou de estimular não só os jogadores, como também a torcida. Durante a semana, por meio das redes sociais, o clube relembrou em fotos diversas viradas históricas. Dentre elas, a histórica vitória sobre o Fluminense, na semifinal do Brasileirão de 95, vencida por 5 a 2 no Pacaembu, após derrota por 4 a 1 no Maracanã. Herói daquele jogo, o ex-meia Giovanni acredita que novamente o Santos dar a volta por cima.

– Em 95, revertemos um jogo quase impossível. Essa vitória não é tão difícil, é apenas um gol – afirma o Messias, que faz uma ressalva:

– O que preocupa é que para o Santos é mais um final, e para o Ituano a chance de ficar vivo no Brasil.

Giovanni tem razão. O Galo de Itu encara o duelo deste domingo como o mais importante de sua história e aposta em sua defesa, a melhor do Paulistão, para levar a taça. Será suficiente para bater “o time da virada”?