icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/06/2014
21:48

Contestado e adorado ao mesmo tempo. Esse é o paradoxo que Frickson Erazo, zagueiro do Flamengo e do Equador, vive em sua carreira. Titular absoluto na seleção de seu país, "El Elegante", como gosta de ser chamado, não tem muita moral no Rubro-Negro, apesar dos equatorianos garantirem que o zagueiro ainda irá mostrar seu bom futebol em terras brasileiras. 

Nesta quarta-feira, Erazo jogou novamente no Maracanã, estádio onde ficou marcado por más atuações, principalmente no clássico contra o Fluminense, na sétima rodada do Brasileirão, e na final do Campeonato Carioca, contra o Vasco, quando cometeu um pênalti. Os equatorianos, que presenciaram a eliminação de sua seleção da Copa do Mundo, defenderam o zagueiro e pediram para os flamenguistas confiarem no seu futebol, apesar do começo complicado.