icons.title signature.placeholder Igor Siqueira e Marcelo Damato
30/06/2014
11:39

A Fifa anunciou nesta segunda-feira que o diretor de comunicação da CBF, Rodrigo Paiva, está suspenso por um jogo por causa do envolvimento em uma confusão com jogadores e membros da comissão técnica do Chile, no intervalo da partida, no sábado. Um vídeo oficial confirma que houve um soco de Paiva no atacante Pinilla. O assessor foi expulso na ocasião.

No jogo contra a Colômbia, pelas quartas de final, sexta-feira, Rodrigo vai pagar a suspensão automática recebida, já que foi expulso da partida contra o Chile. E ele não está livre de ter mais problemas, porque o Comitê Disciplinar, que tem um vídeo da confusão, pode decidir aplicar mais sanções.

- O Comitê Disciplinar abriu procedimento e está analisando. E isso tem a ver com a expulsão dele durante o jogo Brasil x Chile. Com relação a isso, ele pegou um jogo de automática. Será aplicado na próxima partida da Seleção Brasileira - explicou a porta-voz da Fifa, Delia Fischer, durante encontro com jornalistas, e ainda acrescentando:

- Ele tem até terça-feira, às 19h, para enviar a posição dele e da CBF.

Com a punição, Rodrigo - que negou ter agredido os chilenos - pode participar das atividades da véspera do jogo com a Seleção, como a entrevista coletiva no estádio, mas não poderá atuar no dia do duelo com os colombianos. Ele poderá entrar no Castelão, mas não irá trabalhar.

Nenhum outro envolvido na confusão está sob análise do Comitê Disciplinar da Fifa.