icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/06/2014
10:44

Na última sexta-feira, o Chile venceu a a Austrália por 3 a 1, na Arena Cuiabá, pelo Grupo B da Copa do Mundo. Os gols de Sanchéz, Valdívia e Beausejour deram a vitória para a equipe do técnico Jorge Sampaoli, enquanto Tim Cahill descontou para os australianos. Além da vitória, o a seleção chilena tem mais motivos para comemorar: Arturo Vidal está de volta ao Chile. 

O volante só voltou aos treinos com a seleção na última quarta-feira e não sabia ainda se poderia atuar na estreia. Apesar da dúvida, Vidal entrou como titular da equipe chilena e aos 14 minutos do segundo tempo, deu lugar a Gutiérrez. O camisa oito da seleção se mostrou muito satisfeito com a participação na partida.  

- Pelo Chile, deixaria minha vida no campo. O importante é que pude me recuperar e estar aqui. O importante é que voltei a jogar e espero render muito mais na próxima partida. Me falta ritmo e continuidade, mas estou contente por voltar e espero ir melhorando - declarou Vidal, após a partida.

Lesão que preocupava

Arturo Vidal ainda era dúvida para a Copa, já que o jogador da Juventus de Turim estava com uma lesão no joelho direito, preocupando a comissão técnica do Chile. Por fim, a participação foi confirmada e os torcedores chilenos ficaram aliviados, já que o volante é uma das principais estrelas do Chile nesta Copa do Mundo, ao lado de Alexis Sanchéz, atacante do Barcelona.

Chile no Maracanã

O Chile volta a campo contra a Espanha, pelo Grupo B da Copa do Mundo. No dia 18 de junho, ás 16h, no Maracanã, a seleção chilena espera vencer para se garantir nas oitavas de final. Se derrotar a atual campeã mundial, a equipe do técnico Jorge Sampaoli chega aos seis pontos e praticamente assegura a vaga, já que no jogo contra a Holanda, a seleção espanhola foi goleada por 5 a 1, obtendo um saldo de quatro gols negativos.