icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
27/11/2014
14:46

O Atlético-MG dominou e envolveu o Cruzeiro nas duas partidas da final da Copa do Brasil. Sem dar chances de reação ao arquirrival, o Galo conquistou pela primeira vez a competição nacional, além de garantir vaga na Libertadores do ano que vem. Um dos destaques da equipe mineira no ano, o goleiro Victor contou como foi a festa após o triunfo. O jogador lamentou o fato de a torcida atleticana não ter sido liberada para continuar a festa que acontecia no Independência.

- Na verdade a gente saiu do Mineirão e foi para o Independência, teve um coquetel, nada de excesso. Mas eu esperava que os torcedores estivessem por lá quando chegamos. Fiquei chateado. Queria comemorar com eles. Mas mas a polícia esvaziou o estádio por segurança. Mas eles têm de comemorar muito. O Atlético tem a maior torcida de Minas. A mais apaixonado do Brasil. Pois apoiar na hora boa é fácil. Só que essa torcida sempre nos apoiou nos momentos ruins - disse o goleiro ao canal "ESPN"

Vitor ainda comentou o fato de a torcida cruzeirense ter feito festa após o apito final no Mineirão, gritando "tetracampeões" e aplaudindo o time do Cruzeiro, abafando a comemoração dos 1813 mil torcedores do Galo

- Na minha opinião, eu diria que os torcedores do Cruzeiro estavam tristes pela derrota e aquela comemoração foi uma forma de mudar o foco da derrota para a gente - finalizou.