icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
06/11/2014
14:05

O vice de futebol do São Paulo, Ataíde Gil Guerreiro, mostrou toda sua revolta com a CBF. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, o dirigente não poupou críticas e chamou os cartolas da entidade de incompetentes por conta de uma mudança na tabela dos próximos jogos do clube, que pode acabar com W.O tricolor na semifinal da Copa Sul-Americana por falta de voos para a Colômbia, de acordo com o cartola.

O impasse é que o São Paulo joga em Salvador contra o Vitória no próximo fim de semana e, na quarta-feira, teria de enfrentar o Atlético Nacional de Medelín, na Colômbia. No entanto, diz o dirigente que, há cerca de 15 dias, a CBF informou o clube que a partida pela Sul-Americana teria de ser adiada porque quarta-feira, dia 12, é data Fifa, e os colombianos não entram em campo nestas ocasiões.

- Provavelmente nós não conseguirímamos ir na quarta-feira para a Colômbia. O que aconteceu foi o seguinte: há 15 dias recebemos um comunicado da CBF que o jogo não seria na data 12 porque os colombianos não jogam em data Fifa. Transferiram o nosso jogo pro dia 19 e colocou o Internacional (que seria dia 19) para o dia 12, e nós concordamos perfeitamente - disse Ataíde, à rádio.

A mudança de data também seria favorável ao São Paulo porque reduziria um pouco a maratona a quem vem sendo submetido. O Tricolor teve várias viagens nos últimos dias. Na quarta-feira, jogou em Guayaquil, no Equador, contra o Emelec. Domingo, estará em Salvador para enfrentar o Bahia e na quarta-seguinte já teria de estar na Colômbia.

- Mostrando a incompetência dos dirigentes da CBF e a falta de respeito pelos outros jogos e pelas outras federações internacionais, às 3h40 recebemos um email do Manuel Flores que faz as tabelas dos campeonatos da CBF, dizendo que o jogo (da Sul-Americana) voltaria para o dia 12, e nós não estamos conseguindo nem avião fretado.

O dirigente reclama que tudo (incluindo logística) estava programado para acontecer como acordado entre o clube e a entidade, para jogar na Colômbia somente daqui duas semanas. Agora com a mudança, o time corre o risco de não conseguir voo para Medelín, alega.

- Estou tentando de toda maneira conseguir um voo para ir para a Colômbia, o meu protesto é que a CBF mostre que tem um pouco de responsabilidade para tratar com a Conmebol e voltar pra data estabelecida que é o dia 19.

- São esses incompetentes da CBF, que fazem isso conosco, 3h40 da manhã, vê se tem cabimento, recebemos o email dizendo que o jogo voltou pro dia 12. Nós estaremos na Bahia domingo, temos que achar um jeito de sair de lá e chegar na Colômbia na quarta-feira, é impossível, parece até coisa programada, eu to chamando esses dirigentes de incompetentes, não servem nem para defender um criado deles, esse é o problema - esbravejou Ataíde.

O dirigente foi mais longe, dizendo que a CBF não se importa com seus filiados e que a entidade irá "se esconder" caso o clube passe pelo vexame de dar W.O. na semifinal de uma competição.

- Lógico que eu não quero que o São Paulo passe por uma vergonha internacional, estou tentando de todas as formas mas não estou encontrando condições de chegar na Colômbia. A CBF não está se preocupando com seus filiados. A vergonha do W.O. não cai em cima da CBF porque ela se esconde, a vergonha do W.O. cai em cima do São Paulo Futebol Clube - finalizou.