icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes, Maurício Oliveira e Thiago Salata
10/07/2014
16:42

Jogadores treinam na Granja (FOTO: Jefferson Bernardes/Vipcomm)

Luiz Felipe Scolari foi taxativo ao ser questionado, na última quarta-feira, sobre o fato de a Seleção Brasileira ter treinado pouco durante a Copa. O técnico disse que a recuperação após um jogo deve ser de até 72 horas. Dois dias depois da derrota fatídica para a Alemanha, o cenário não mudou, a cartilha do técnico foi seguida à risca e apenas os reservas trabalharam com bola na tarde fria e chuvosa desta quinta-feira, na Granja Comary.

Pelo segundo dia consecutivo, os atletas que começaram o jogo no Mineirão, com exceção do atacante Hulk, fizeram apenas trabalho na academia seguido de corrida no gramado. O goleiro Julio Cesar e o lateral Maicon não foram a campo.

Os outros 11 jogadores - Daniel Alves, Ramires, Henrique, Jô, Hernanes, Paulinho, Willian, Hulk, Thiago Silva, Fernandinho e Maxwell - também estiveram na musculação, mas depois participaram de trabalho tático em campo reduzido.

Depois da corrida, alguns titulares diante da Alemanha, entre eles Marcelo, Bernard, Dante, Oscar, Luiz Gustavo e Marcelo, formaram uma roda e simularam uma altinha.

O vexame no Mineirão, ao menos, não intimidou cerca de 200 torcedores que acompanharam os trabalhos desta quinta-feira na rua ao lado do condomínio no qual está a Granja Comary. Muitos cartazes foram levados e, durante o treino, gritos de apoio aos jogadores.

A Seleção Brasileira ainda fará um treino na Granja Comary, nesta sexta-feira, antes a viagem a Brasília, onde enfrentará a Holanda, sábado, na disputa pelo terceiro lugar.