icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
09/11/2014
20:29

O clima foi quente no Gre-Nal 403, na Arena. Em campo, os jogadores por diversas vezes discutiram e se empurraram dividida após dividida. Fora dele, houve discussão da comissão técnica e do grupo com os gandulas do Grêmio, que teriam provocado os colorados, na versão do Inter.

Segundo o gerente-executivo Jorge Macedo, os gandulas provocaram no corredor do vestiário visitante, após a goleada por 4 a 1. Ainda conforme a versão do dirigente, comissão técnica e grupo de jogadores participaram da confusão. O vestiário dos gandulas fica ao lado do visitante, com divisão por um brete. As imagens das câmeras serão analisadas pela gestão da Arena.



D'Alessandro, na entrevista coletiva, negou que tivesse participação na confusão. Tanto o argentino quanto Abel Braga saíram buscando um funcionário que tinha as roupas do Grêmio. Logo, seguranças do Inter correram na direção da confusão. O mesmo com os profissionais gremistas, sem maiores problemas.

- Eu? Eu não. Cai um copo aqui na Arena e é o D'Alessandro - destacou o argentino em sua coletiva.

Em campo, já houve muita confusão. D'Alessandro cobrou Alán Ruiz após o quarto gol gremista. O argentino comemorou o gol na frente do banco de reservas do Inter. Segundo ele, para fazer sinais com a família. D'Ale se irritou com o fato e disse que faltou respeito e humildade aos tricolores.