icons.title signature.placeholder Thiago Ferri
12/12/2013
09:40

O departamento médico das categorias de base do Palmeiras será, agora, tercerizado. A medida visa dar sequência à reestruturação e maior integração na formação de jogadores no clube, iniciada quando Erasmo Damiani assumiu a coordenadoria do setor, em março.

A equipe, que antes contava com quatro médicos, dois fisioterapeutas e um fisiologista, será chefiada pelo médico Gustavo Magliocca, que coordenará um grupo de mais três doutores, um gerente para a área ortopédica, um psicólogo, um nutricionista, e um fisiologista – Alessandro Fromer, com passagens pela Seleção Brasileira sub-20.

- O departamento será terceirizado e se tornará um centro integrado. Temos de dar um tratamento adequado para atletas em recuperação, o futebol depende disso, e esperamos que dê resultado. Nossa maior intenção é dar excelência para o departamento - disse Damiani.

A medida fará com que o clube economize no setor já que, ao tercerizar, não terá de pagar o salário desta equipe, nem os remédios do departamento médico – isto ficará a cargo da Sports Care, empresa que cuidará do FutCare, "novo" departamento médico do clube.

A empresa fará melhorias também na estrutura do CT de Guarulhos, onde treina a base, ao colocar novos equipamentos no local. Com a reformulação, será possível, também, ter um médico em todas as viagens para torneios dos times de jogadores formados no clube – algo que antes nem sempre acontecia quando o Verdão era visitante.

- A palavra chave é integração. As áreas de medicina, fisioterapia, fisiologia, nutrição e psicologia do esporte se juntam e entram no dia a dia do clube. É uma proposta de integração estrutural e conceitual, para o Palmeiras sair beneficiado na realização de sonhos dos atletas. Meu papel de coordenador é fazer com que o departamento se converse - explicou Gustavo Magliocca.