icons.title signature.placeholder Fellipe Lucena e Thiago Ferri
07/04/2014
08:05

O ataque está entre as prioridades da diretoria do Palmeiras para esta semana. Perto de definir a permanência de Alan Kardec, o clube vai intensificar as conversas por Douglas Tanque, jovem de 20 anos de idade que Gilson Kleina pediu.

Destaque do Penapolense no Campeonato Paulista, Douglas pertence ao Corinthians, não terá o vínculo renovado e ficará livre em 19 de abril. Ele esperava ter um novo clube já na última sexta, quando o Palmeiras iniciou diálogo com seus representantes. Agora, crê que tudo se resolva até esta terça: uma proposta deve ser formalizada pelo Verdão.

Há concorrentes, como o Botafogo, e a comissão técnica pede um atacante com urgência - de preferência antes de 20 de abril, data da estreia no Campeonato Brasileiro, contra o Criciúma, fora de casa.

Com Kardec, a pressa é um pouco menor. O prazo para assinar a renovação vai até 31 de maio, um mês antes do término do empréstimo, e não há, por exemplo, uma reunião marcada.

O acerto com o Benfica (POR), que detém os direitos do jogador, já está encaminhado: há entendimento quanto à forma de pagamento dos 4 milhões de euros (cerca de R$ 12,5 mi) pedidos pelos europeus. Resta definir salários, e a parte mais difícil foi superada. Depois de ao menos duas ofertas recusadas, as partes se aproximaram de um denominador comum semana passada. Entraram em acordo para um vínculo por produtividade e resta bater o martelo para a quantia que será fixa. As divergências são bem pequenas e a renovação será por cinco anos.

As pessoas que cuidam da carreira do atleta dão prioridade total ao Palmeiras, atendendo a um desejo dele, apesar de haver sondagens.