icons.title signature.placeholder Luiz Gustavo Moreira e Rodrigo Ciantar
15/07/2014
18:22

Desde que chegou ao Botafogo, o técnico Vagner Mancini pedia a contratação de um atacante de velocidade e que caísse pelos lados do setor ofensivo. E depois de quase três meses de trabalho no Alvinegro, ele "ganhou de presente" Rogério, com quem trabalhou no Náutico em 2013. O jogador elogiou o treinador e falou das suas características.

- Já trabalhei com o Mancini, que é uma excelente pessoa e me ajudou muito nessa negociacão com o Botafogo. Meus pontos fortes são a velocidade e o drible. Vou fazer o máximo possível para ser o atacante que o Botafogo precisa - disse o jogador no seu desembarque no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro.

Além de Rogério, Mancini também tem Wallyson e Daniel como opções de velocidade para o setor ofensivo. O primeiro quase foi negociado com um clube do Oriente Médio durante a Copa do Mundo, enquanto o segundo volta de lesão na coxa esquerda, sofrida antes mesmo da pausa para o Mundial.