icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/11/2014
13:55

Inicialmente escalado para ser o astro principal do UFC 180, que marcou a estreia da organização no México, neste sábado, Cain Velásquez teve de ficar de fora da festa por conta de uma lesão no joelho. O americano de ascendência mexicana acompanhou a conquista do título interino por Fabricio Werdum contra Mark Hunt da primeira fila da Arena da Cidade do México.

Em entrevista pós-evento ao site oficial do Ultimate, Velásquez revelou suas impressões sobre o triunfo de Werdum e o desempenho do brasileiro na vitória por nocaute contra Hunt. O gaúcho foi alvo de elogios do campeão absoluto. 

- Foi uma boa luta. Acho que Mark Hunt fez um bom plano de luta. Ele venceu o primeiro round, definitivamente. No segundo, acho que a experiência de Werdum falou mais alto, mostrando que Werdum faz de tudo. Ele jogou aquela joelhada, conectou e conseguiu nocautear Mark Hunt. Ele é um cara que chuta, dá chutes rodados, socos rodados... Faz de tudo. Ele encaixou muito bem essa joelhada - elogiou Velásquez.

Sobre o confronto com Fabricio pela unificação dos cinturões, Cain ainda não tem uma previsão de retorno, mas deixou claro que gostaria de realizar a disputa de título em um novo show da franquia no México.

- Não sei quando a luta vai acontecer. No momento, estou esperando o ano acabar. Quero voltar o mais rápido o possível, mas não quero rápido demais para me recuperar direito. Eu gostaria, definitivamente (que a luta acontecesse no México). Eu perdi essa oportunidade e queria voltar aqui e lutar. Vamos ver o que acontece. Vou conversar com o UFC, ver quando devo voltar, se eles tem algo planejado para cá nesse período e ver se tudo funciona - concluiu.