icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/02/2015
12:37

O lateral-direito Daniel Alves, que disputou a última Copa do Mundo pela Seleção Brasileira, deve enfim deixar o Barcelona. Aos 31 anos, o jogador ainda tem mercado na Europa, e a tendência é que consiga acertar com algum clube grande. Inglaterra, Itália e França surgem como prováveis destinos do jogador, que deve ser substituído no Barça pelo também brazuca Danilo, do Porto. Até clubes do Brasil surgem como hipóteses.

Por enquanto, quem aparece com mais força na disputa pelo jogador é o Manchester United. O técnico Louis van Gaal tem improvisado com frequência no setor, já que não confia tanto em Rafael. O equatoriano Valencia, meio-campo de origem, já quebrou o galho por ali várias vezes. O jovem zagueiro McNair, de apenas 19 anos, também foi utilizado, e até foi bem.

O treinador holandês, segundo a imprensa inglesa, vê em Daniel Alves o homem perfeito para chegar e tomar a posição de vez. Van Gaal gosta de jogar com três zagueiros, no esquema 3-5-2, e o brasileiro poderia trabalhar também na função de ala. Ainda de acordo com jornais britânicos, o técnico do Manchester United pretende usar o goleiro Valdés, recém-contratado e ex-companheiro do lateral no Barcelona, para convencer o jogador.

Dani Alves sempre deu muitos passes para gols no Barcelona (Foto: Josep Lago/ AFP)

No fim do ano passado, Daniel Alves também teve o seu nome ligado a outros dois clubes ingleses, e ambos de Londres: Arsenal e Chelsea. Porém estariam atrás do Manchester United na disputa para levar o jogador à Inglaterra.

Outros clubes grandes do Velho Continente também já demonstraram interesse em Daniel Alves. A Juventus, por exemplo, também atua com frequência no 3-5-2, e chegaria com a mesma intenção. O Paris Saint-Germain é outro que tem improvisado no setor com Marquinhos quando Van der Wiel não joga.

Daniel Alves fez parte do lendário time comandado por Pep Guardiola (Foto: Andrew Yates/ AFP)

Uma outra possibilidade seria a volta para o Brasil. Torcedor declarado do São Paulo, Daniel Alves admitiu em 2012, ao site oficial do Tricolor, que pensa sim em defender o clube. Falou ainda em retornar ao Bahia, clube que o revelou.

- É um sonho que tenho e não escondo. Sempre deixei claro que se voltasse ao Brasil eu gostaria de jogar no São Paulo e no Bahia. São dois times que tenho um carinho enorme. O São Paulo por eu ser torcedor e o Bahia por ter sido onde tudo começou - disse há três anos.

Daniel Alves chegou na Europa em 2002 para defender o Sevilla, depois de se destacar pelo Bahia. Firmou-se na Andaluzia e tornou-se em um dos melhores jogadores do Campeonato Espanhol, e em 2008, primeiro ano de Pep Guardiola no comando técnico do Barcelona foi comprado pelo time catalão por 30 milhões de euros (R$ 94 milhões), e ganhou todos os torneios possíveis na equipe. Agora está em seus últimos meses de compromisso, e pode até assinar pré-contrato com qualquer outro clube.