icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/12/2013
08:04

Renato Gaúcho colocou o Grêmio na Libertadores da América de 2014. A vaga direta está encaminhada, com a segunda colocação a um empate de ser garantida. Mas o treinador se irritou com o vazamento de informações de que pediu demais para permanecer, que já avisou os dirigentes que não vai ficar em 2014 e que tem proposta do Fluminense.

Pessoas ligadas ao presidente Fábio Koff vazaram uma proposta polpuda do Fluminense pelo treinador. Além disso, a coluna De Prima apurou que Renato já avisou aos dirigentes que não ficará no próximo ano. Além da informação de que teria pedido o dobro do que ganha atualmente nas negociações. Tudo isso mentira, segundo ele.

- Muito fácil soltar uma notícia que é inverdade. Saíram numeros que são absurdos, nem sequer tinha falado sobre números, como até hoje não falei. Só deram da parte da diretoria. Tem que acreditar no que o presidente fala, que o treinador fala, e na diretoria, o Rui Costa e o Marcos Chitolina. Fora dessas quatro pessoas, é o x9 de vocês. A gente sabe quem é o x9 que passou a notícia para vocês. Quando tiver dúvida, perguntem para o x9. Se não acreditam nesses quatro, perguntem para ele. Vou falar para vocês, soltaram uma notícia do x9 e vão quebrar a cara - disse o treinador.

O treinador descartou contato com qualquer outra equipe, algo também negado pelo empresário Gerson Oldenburg. Seria uma "traição" ao presidente Fábio Koff, a quem Renato tem muito respeito, conversar com um interessado antes de dar sua resposta final ao Tricolor.

- Não posso a cada imbecil que escreve besteira, ir lá e negar. Nada entra de fora no vestiário. Mas o torcedor tem acesso a isso. São quase 10 milhões que tem possibilidade de ler. Por isso, é um imbecil. Tem que ter credibilidade. Saber o que está escrevendo. Não vou dar moral. Não tem credibilidade - criticou.

Grêmio vence Goiás e garante vaga na Libertadores