icons.title signature.placeholder João Matheus Ferreira
02/02/2015
17:32

A modernidade e o futebol a cada dia estão mais próximos. E o treino do Vasco nesta segunda-feira, em São Januário, teve uma boa demonstração disso. Enquanto os reservas disputavam um jogo-treino contra o Asa de Angola, um novo departamento criado pela comissão técnica, que tem como objetivo fazer uma análise tática da equipe, testou a utilização de um drone, equipamento que sobrevoou o gramado para fazer imagens da atividade.

O objetivo é ajustar possíveis erros de posicionamento em atividades táticas e melhorar a performance intelectual dos jogadores dentro de campo. Segundo informações de Lucas Martins, da empresa DR1 Imagens, o drone tem uma câmera "Go Pro" embutida e faz imagens do alto por cerca de 15 minutos, mas a bateria pode ser trocada rapidamente. As imagens serão analisadas após o treino e o clube vai decidir se utiliza o equipamento ou não.

O departamento de análise tática está interligado ao CAPRRES (Centro de Avaliação, Prevenção, Reabilitação e Rendimento Esportivo) e o contato partiu do coordenador científico Alex Evangelista. O novo departamento tem três funcionários: Pedro Monteiro, Cleber dos Santos e Alberto Pena, além de quatro estagiários que cuidam das categorias de base.

- A ideia partiu do próprio Eurico Miranda. Vamos fazer um banco de dados desde o sub-11 até o profissional e analisar tudo o que for possível dos jogadores. É como se fosse uma análise tática. Vão nos passar as imagens e vamos passar tudo para a comissão técnica - disse Pedro Monteiro, um dos membros deste novo departamento.