icons.title signature.placeholder Felipe Lucena
icons.title signature.placeholder Felipe Lucena
08/07/2013
12:01

Dizem que a primeira impressão é a que fica. Se for assim, três dos reforços cruz-maltinos para essa temporada têm muito o que festejar. O zagueiro Rafael Vaz e os atacantes Leonardo e Edmilson marcaram gols em suas estreias pelo clube. Além deles, André, em seu primeiro jogo como titular, também balançou as redes.

Apesar da derrota e do mau desempenho da defesa, Rafael Vaz teve um alento na partida deste domingo, contra o Internacional, em Caxias do Sul (RS). O defensor, que havia disputado apenas um jogo-treino - contra o Madureira - entrou entre os 11 contra o Colorado e marcou um belo gol de fora da área. O segundo do time no confronto.

LEIA MAIS:
- Diretoria do Vasco confirma reunião com Paulo Autuori, mas evita dar detalhes
- Lateral Nei explica gol contra marcado diante do Internacional

O reforço cruz-maltino vibrou com o feito alcançado em sua estreia, mas foi consciente ao admitir os equívocos da zaga vascaína:

- Fico feliz pelo gol, mas queria ter vencido. A partida da equipe não foi muito boa. Temos uma semana para o professor trabalhar e corrigir os erros que cometemos na defesa.

No início da temporada, Leonardo também marcou na estreia. Diante do Macaé, durante a disputa da Taça Guanabara, o atacante não desperdiçou a oportunidade que teve, entrou no time - que na época vinha jogando com meias improvisados na frente - e guardou o seu.

Outro que empolgou em sua primeira partida foi Edmilson. O camisa 19, que chegou como um desconhecido após passar mais de dez anos no futebol do oriente, animou a torcida ao fazer um gol no amistoso contra o Tupi-MG.

ANDRÉ MARCOU QUANDO ENTROU COMO TITULAR

O atacante André era só ansiedade antes da partida deste domingo, contra o Inter. O reforço, bastante aclamado em São Januário, estreou contra o Bahia, antes da pausa para a Copa das Confederações. Entrando no meio do segundo tempo, o camisa 9 quase marcou, ao mandar uma cabeçada na trave, que poderia ter sido a bola da vitória, no duelo que acabou em 1 a 1.

Semanas depois, André até guardou o seu. No entanto, foi em um jogo-treino, contra o Madureira, em Conselheiro Galvão. Na ocasião, o Cruz-Maltino perdeu por 2 a 1 para o Tricolor Suburbano.

A vontade de marcar pelo Vasco passou aos 45 do primeiro tempo deste domingo. O Vasco perdia por 2 a 0, quando depois de uma confusão na área, o centroavante, com faro de gol pegou a sobra para balançar as redes.

A próxima partida do Gigante da Colina será contra o rival Flamengo, no domingo, em Brasília, no Mané Garrincha. A tendência é de que o colombiano Montoya faça sua estreia oficial pelo time. Será que o reforço terá a mesma sorte de seus companheiros?

Dizem que a primeira impressão é a que fica. Se for assim, três dos reforços cruz-maltinos para essa temporada têm muito o que festejar. O zagueiro Rafael Vaz e os atacantes Leonardo e Edmilson marcaram gols em suas estreias pelo clube. Além deles, André, em seu primeiro jogo como titular, também balançou as redes.

Apesar da derrota e do mau desempenho da defesa, Rafael Vaz teve um alento na partida deste domingo, contra o Internacional, em Caxias do Sul (RS). O defensor, que havia disputado apenas um jogo-treino - contra o Madureira - entrou entre os 11 contra o Colorado e marcou um belo gol de fora da área. O segundo do time no confronto.

LEIA MAIS:
- Diretoria do Vasco confirma reunião com Paulo Autuori, mas evita dar detalhes
- Lateral Nei explica gol contra marcado diante do Internacional

O reforço cruz-maltino vibrou com o feito alcançado em sua estreia, mas foi consciente ao admitir os equívocos da zaga vascaína:

- Fico feliz pelo gol, mas queria ter vencido. A partida da equipe não foi muito boa. Temos uma semana para o professor trabalhar e corrigir os erros que cometemos na defesa.

No início da temporada, Leonardo também marcou na estreia. Diante do Macaé, durante a disputa da Taça Guanabara, o atacante não desperdiçou a oportunidade que teve, entrou no time - que na época vinha jogando com meias improvisados na frente - e guardou o seu.

Outro que empolgou em sua primeira partida foi Edmilson. O camisa 19, que chegou como um desconhecido após passar mais de dez anos no futebol do oriente, animou a torcida ao fazer um gol no amistoso contra o Tupi-MG.

ANDRÉ MARCOU QUANDO ENTROU COMO TITULAR

O atacante André era só ansiedade antes da partida deste domingo, contra o Inter. O reforço, bastante aclamado em São Januário, estreou contra o Bahia, antes da pausa para a Copa das Confederações. Entrando no meio do segundo tempo, o camisa 9 quase marcou, ao mandar uma cabeçada na trave, que poderia ter sido a bola da vitória, no duelo que acabou em 1 a 1.

Semanas depois, André até guardou o seu. No entanto, foi em um jogo-treino, contra o Madureira, em Conselheiro Galvão. Na ocasião, o Cruz-Maltino perdeu por 2 a 1 para o Tricolor Suburbano.

A vontade de marcar pelo Vasco passou aos 45 do primeiro tempo deste domingo. O Vasco perdia por 2 a 0, quando depois de uma confusão na área, o centroavante, com faro de gol pegou a sobra para balançar as redes.

A próxima partida do Gigante da Colina será contra o rival Flamengo, no domingo, em Brasília, no Mané Garrincha. A tendência é de que o colombiano Montoya faça sua estreia oficial pelo time. Será que o reforço terá a mesma sorte de seus companheiros?