icons.title signature.placeholder Luiz Signor
27/03/2014
21:48

Campeão da Copa Brasil de Beach Soccer em 2012, o Vasco se garantiu nas semifinais da edição deste ano da competição. Na noite desta quinta-feira, em duelo válido pelo Grupo A, o Cruz-Maltino derrotou o Vitória, nos pênaltis, por 3 a 1, após empate em 3 a 3 no tempo regulamentar. A prorrogação não teve gols e coube ao goleiro Cesinha defender a cobrança de Ramon, decidindo o jogo. Quem agradeceu foi o Flamengo, que precisa apenas vencer o Avaí logo mais para também se garantir na próxima fase.

O Vasco chegou aos cinco pontos no Grupo A. São três da vitória diante do Avaí e dois pelo triunfo desta quinta, conquistado nos pênaltis. O Vitória só terá chances de classificação caso o Avaí vença o Flamengo, que soma dois pontos, ainda nesta noite, a partir das 21h30 (22h30 no horário de Brasília). Caso o Rubro-Negro carioca derrote a equipe catarinense, o clássico desta sexta, entre Flamengo e Vasco  decidirá o primeiro lugar do Grupo A.

O JOGO

O primeiro período terminou com o Vitória em vantagem. O Rubro-Negro baiano, que já tinha tido boa atuação contra o Flamengo, tratou de pressionar o Vasco desde o início. Só que foi o Cruz-Maltino o responsável por abrir o placar: Jorginho, que ainda não havia marcado na Copa Brasil, marcou aos 4'36''. Eis que Reyder marcou duas vezes - chegando aos três gols na competição. Ele deixou tudo igual aos 7' minutos e fez o Vitória ir para o primeiro intervalo em vantagem ao marcar novamente, mas desta vez aos 3'16''.

O período seguinte foi de um Vasco ligeiramente superior. O jogo era truncado, repleto de jogadas ríspidas e coube ao clube carioca buscar o empate duas vezes. Bueno, um dos destaques do time, marcou aos 6'16''. Buiu voltou a colocar o Leão na frente com 11'18 de partida, mas Igor, faltando apenas oito segundos para o fim do período, deixou tudo igual.

TERCEIRO PERÍODO SEM GOLS, PRORROGAÇÃO E... PÊNALTIS!

Nada de gols no terceiro período. Foram 12 minutos de chances desperdiçadas e certo cansaço por parte das duas equipes. O panorama garantiu mais uma decisão por pênaltis para o Vitória, que havia sido derrotado pelo Flamengo desta maneira. Lucão e Igor marcaram para o Vasco e Buiu fez o primeiro do Vitória. Só que a bola cobrada por Ramon, do time baiano, foi defendida pelo goleiro Cesinha, o herói da noite. Bokinha, então, garantiu o terceiro gol do Cruz-Maltino.

* O repórter viaja a convite da organização da IV Copa Brasil de Clubes de Beach Soccer.