icons.title signature.placeholder João Matheus Ferreira
24/02/2015
06:00

O atacante Mosquito ainda não tem prazo para reestrear pelo Vasco. Após realizar exames médicos na última sexta-feira e fazer um tratamento específico com os fisiologistas no sábado, o centroavante, de 19 anos, inicia nesta terça-feira uma espécie de pré-temporada no Caprres (Centro de Avaliação, Prevenção, Reabilitaçao e Rendimento Esportivo), o centro científico cruz-maltino, e tentará acelerar ao máximo a liberação para os gramados.

A diretoria vai acompanhar de perto a evolução física de Mosquito. Afinal, o garoto tem contrato até o meio do ano e o objetivo é inscrevê-lo no Campeonato Carioca para pode observar como ele está tecnicamente. Além disso, ele seria mais uma opção para o setor ofensivo, que atualmente tem Gilberto, Rafael Silva, Thalles, Yago, Marquinhos do Sul e Romarinho.

Após passar por uma bateria de exames nos últimos dias, Mosquito foi disgnosticado com desnível de musculatura, algo normal para quem está sem fazer exercício há algum tempo, como é o caso dele, que está parado desde o fim do Campeonato Brasileiro, onde defendeu o Atlético-PR. A cautela é para prevenir lesões, pois uma liberação precipitada pode acarretar em lesões musculares.

Mosquito foi revelado nas categorias de base do Vasco, mas deixou o clube pela Justiça em 2012, ainda na gestão de Roberto Dinamite. Nos últimos três anos, atuou pelo Atlético-PR, mas não teve o contrato renovado no fim do ano passado. Livre desde então, o garoto retornou ao Cruz-Maltino com um contrato até o meio do ano e vai receber cerca de R$ 10 mil mensais.