icons.title signature.placeholder Guto Mariano
14/04/2014
19:17

Medidas drásticas. O Vasco vai pedir a anulação da final do Campeonato Carioca diante do erro de arbitragem ao validar o gol do Flamengo. Após o treino desta segunda-feira, o presidente do clube, Roberto Dinamite e o diretor executivo de futebol, Rodrigo Caetano, se manifestaram novamente, mas foi o advogado do clube, Marcelo Macedo, quem deu a declaração mais forte.

- Entraremos com uma ação reparatória na Federação (Ferj) e pediremos a anulação da partida. Até mesmo a verificação do dolo usado na produção da súmula (que dá o gol para Nixon, e não para Márcio Araújo), se isso ficar configurado, iremos às vias legais. Iremos atrás de todos os prejuízos. Morais e materiais.

Roberto Dinamite voltou a falar em ver o futebol do Rio de Janeiro em alto nível, e lembrou que todo esforço do Vasco na competição foi em vão por um erro de terceiros.

- Quero dizer que sou muito criticado em querer ver o futebol carioca em alto nível. O Vasco se preparou para a competição, colocou toda sua força nela, tivemos uma das melhores médias de público, mas isso não foi suficiente... dentro de campo, isso foi jogado por água abaixo.. o Vasco foi prejudicado diretamente nos resultados e no que diz respeito ao compromisso com funcionários e atletas afirmou.

O advogado Marcelo Macedo explicou os procedimentos já realizados e que serão tomados a partir de agora.

- A primeira é a notificação da Ferj, juntamente com o senhor Jorge Rabello, e a notificação da comissão de arbitragem e dos profissionais que participaram da partida. O erro cometido pela arbitragem foi um absurdo, e tem um agravante, na construção da súmula: ficou estampado que tentaram transformar o erro de direito em erro de fato. Todos tinham conhecimento de que o gol tinha sido do Márcio Araújo, mas na súmula, está em nome do Nixon. Isso é muito grave, mais grave até que o equivocos cometidos no lance do gol. Esses fatos todos somados, que vem acontecido sistematicamente... e o Vasco já tinha feito uma solicitação por árbitros de outros estados... o juiz tinha participado do gol do Douglas mal anulado (um dos auxiliares) - lembrou.