icons.title signature.placeholder Felipe Lucena
icons.title signature.placeholder Felipe Lucena
18/07/2013
15:20

O Vasco emitiu um comunicado à Ferj e à CBF pedindo para ficar com somente 10% dos ingressos para o clássico deste domingo, contra o Fluminense. Com isso, no jogo da volta, que acontece no dia nove de outubro, o Cruz-Maltino, mandante, terá 90% das entradas.

- A nossa diretoria informou que domingo, o Fluminense terá os 90%. No jogo de volta, seja em São Januário, caso tenhamos o aval, ou em outro lugar, Brasília, talvez, teremos também 90% das entradas - disse Manuel Barbosa, vice de patrimônio do Vasco.

LEIA MAIS:
> Bagunça marca início das vendas e retirada de ingressos no Maracanã
> Reunião libera bumbos, bandeiras e torcedores sem camisa no Maracanã
> Vascaínos compram ingressos em São Januário e se preocupam com troca
> Após briga com Flu, Dinamite dispara: 'Como torcedor, não iria ao clássico'
> Situação das cadeiras cativas para o clássico entre Flu e Vasco está definida
> Secretário de Esporte é contra inversão de torcidas, mas respeita Fluminense
> Para PM, inversão de torcidas no Maracanã para o clássico foi o melhor
> Eurico convoca torcida a comprar ingressos para lado direito do Maraca
> Após racha, Ferj abre caminho para Vasco mandar clássico na Colina


O Vasco estuda a possibilidade de mandar a partida do returno contra o Fluminense, em São Januário. A polícia já frisou que isso só poderá acontecer se o visitante tiver apenas 10% dos bilhetes para o jogo.

Nesta quarta-feira, segundo o LANCE!Net informou, o presidente Roberto Dinamite chegou a dizer que se fosse torcedor não iria ao Maracanã ver o clássico.

A polêmica em torno da partida se instaurou porque o contrato que o Fluminense assinou com a empresa que administra o Maracanã prevê que a torcida tricolor fique ao lado direto das cabines de imprensa, local que antes era usado pela massa cruz-maltina.

VASCO EMITE NOTA SOBRE O CASO

Informamos que apesar dos esforços da Diretoria, não foi possível estabelecer um acordo com o Fluminense Football Club acerca da divisão e localização dos torcedores do Vasco para o jogo deste domingo. Assim sendo, deverá ser observada a regra geral do Regulamento Geral das Competições da CBF.

Da mesma forma, por ocasião da realização do jogo de volta com mando do Vasco, adotaremos os procedimentos que entendermos adequados na acomodação do visitante.
Diretoria do Vasco.

O Vasco emitiu um comunicado à Ferj e à CBF pedindo para ficar com somente 10% dos ingressos para o clássico deste domingo, contra o Fluminense. Com isso, no jogo da volta, que acontece no dia nove de outubro, o Cruz-Maltino, mandante, terá 90% das entradas.

- A nossa diretoria informou que domingo, o Fluminense terá os 90%. No jogo de volta, seja em São Januário, caso tenhamos o aval, ou em outro lugar, Brasília, talvez, teremos também 90% das entradas - disse Manuel Barbosa, vice de patrimônio do Vasco.

LEIA MAIS:
> Bagunça marca início das vendas e retirada de ingressos no Maracanã
> Reunião libera bumbos, bandeiras e torcedores sem camisa no Maracanã
> Vascaínos compram ingressos em São Januário e se preocupam com troca
> Após briga com Flu, Dinamite dispara: 'Como torcedor, não iria ao clássico'
> Situação das cadeiras cativas para o clássico entre Flu e Vasco está definida
> Secretário de Esporte é contra inversão de torcidas, mas respeita Fluminense
> Para PM, inversão de torcidas no Maracanã para o clássico foi o melhor
> Eurico convoca torcida a comprar ingressos para lado direito do Maraca
> Após racha, Ferj abre caminho para Vasco mandar clássico na Colina


O Vasco estuda a possibilidade de mandar a partida do returno contra o Fluminense, em São Januário. A polícia já frisou que isso só poderá acontecer se o visitante tiver apenas 10% dos bilhetes para o jogo.

Nesta quarta-feira, segundo o LANCE!Net informou, o presidente Roberto Dinamite chegou a dizer que se fosse torcedor não iria ao Maracanã ver o clássico.

A polêmica em torno da partida se instaurou porque o contrato que o Fluminense assinou com a empresa que administra o Maracanã prevê que a torcida tricolor fique ao lado direto das cabines de imprensa, local que antes era usado pela massa cruz-maltina.

VASCO EMITE NOTA SOBRE O CASO

Informamos que apesar dos esforços da Diretoria, não foi possível estabelecer um acordo com o Fluminense Football Club acerca da divisão e localização dos torcedores do Vasco para o jogo deste domingo. Assim sendo, deverá ser observada a regra geral do Regulamento Geral das Competições da CBF.

Da mesma forma, por ocasião da realização do jogo de volta com mando do Vasco, adotaremos os procedimentos que entendermos adequados na acomodação do visitante.
Diretoria do Vasco.