icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/02/2015
23:15

Como o temporal previsto pela prefeitura do Rio, a chuva de gols, que tinha tudo para desabar sobre São Januário, também ficou pelo caminho. A goleada não virou realidade, e o Gigante venceu o Madureira por 2 a 0. A festejar, mesmo, além dos três pontos, o bom entrosamento de Bernardo, que completou 100 atuações com a camisa vascaína, e Marcinho. A exemplo da estreia, foram deles os gols da vitória do Vasco por 2 a 0 diante do Madureira, na noite desta quinta-feira.

Foi uma atuação fria, sem graça e sem talento. A marcação desde o campo adversário, feita na primeira rodada, transformou-se em um amontoado de jogadores sem saber ao certo o que fazer.

Sorte que o Madureira facilitou. Mais dispersivo ainda, conseguiu chutar pela primeira vez ao gol de Martin Silva somente aos 26 do primeiro tempo. E mesmo assim para fora, sem perigo algum.

E MAIS:
> Bernardo elogia segundo tempo contra o Madureira: 'Pegada forte'
> ATUAÇÕES: Bernardo e Lucas se destacam em vitória do Vasco

No segundo tempo, o Vasco voltou um pouco melhor. Mas somente um pouco. Desarrumado, chegou ao segundo gol aos 15 minutos. Mas novamente a chuva de gols não desabou sobre a Colina.

Se na estreia a sensação foi de que o time de Doriva estaria pronto para o Estadual, a partida desta quinta-feira, embora não tenha colocado o Vasco sujeito a chuvas e trovoadas, deixou claro que ainda há muito o que caminhar se o destino for o título.



Faltou força pelas laterais, velocidade nos contra-ataques e participação mais efetiva do atacante Rafael Silva, que, quando substituído, foi vaiado pela torcida. Montoya, outro destaque da primeira rodada, voltou a irritar com sucessivos erros.

Embora o momento ainda não seja propício a grandes comemorações, o torcedor pelo menos pode ter esperança de que há possibilidade de o sol voltar a brilhar na Colina Histórica. Afinal, com seis pontos, o Vasco briga lá em cima, no topo da tabela.

VASCO 2 X 0 MADUREIRA

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 5/2/2015, às 21h (horário de Brasília)
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ )
Auxiliares: Wagner de Almeida e Eduardo de Souza
Público e renda: 6.557 pagantes/R$ 104.125,00
Cartões amarelos: Luan, Christiano, Thiago Galhardo, Yago, Gilson
Gols: Bernardo (3'/1ºT) e Marcinho (15'/2ºT)

Vasco: Martin Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Cristhiano; Serginho, Lucas, Bernardo (Marquinhos, 23'/2ºT), Marcinho (Julio dos Santos, 35'/2ºT) e Montoya; Rafael Silva (Yago, 31'/2ºT) - Técnico: Doriva.

Madureira: Jonathan; Formiga, Daniel, Thiago Cardoso e Luiz Paulo; Gilson, Ryan (Berg, 38'/2ºT), Rodrigo Lindoso, Thiago Galhardo e Camacho (João Carlos, 16'/2ºT) Rodrigo Pinho. Técnico: Toninho Andrade.