icons.title signature.placeholder Rodrigo Ciantar
11/12/2013
10:30

Rodrigo Caetano pode voltar ao Vasco em 2014. Pelo menos esse é o desejo da cúpula cruz-maltina, que já iniciou contatos para contar com o retorno do diretor que passou pelo clube entre 2009 e 2011.

A contratação não impossibilitaria a continuidade de Ricardo Gomes, que, na terça-feira, em reunião com a diretoria, definiu que permaneceria no clube para 2014. Ao retornar, Caetano assumiria o cargo de diretor executivo de futebol, enquanto Gomes voltaria a ser diretor técnico, função que originalmente assumiu após se recuperar de um AVC.

Essa é a estrutura do departamento de futebol que o presidente Roberto Dinamite deseja para o ano que vem, somado ao trabalho de Cristiano Koehler, que, inclusive, participou do processo de reestruturação do clube em 2009 ao lado do próprio Caetano. Eles têm ótima relação.

Alguns contatos, ainda informais, com Rodrigo Caetano já foram feitos e, internamente, há confiança quanto ao acerto. O problema pode ser a concorrência de outros clubes do Brasil.

O trabalho de Caetano no Vasco foi bastante elogiado e teve como ponto alto o título da Copa do Brasil de 2011. Muitos torcedores consideram até que foi a saída do dirigente que provocou essa queda brusca na estrutura do time. Depois dele, Daniel Freitas e René Simões ocuparam o cargo de diretor de futebol do clube, mas sem o mesmo sucesso.

Ricardo Gomes acabou aceitando assumir o cargo de diretor de futebol em meados deste ano após a demissão de René Simões.

A cúpula vascaína já desejava a volta de Caetano no fim do ano passado, mas como ele ainda tinha contrato com o Fluminense, não houve avanço algum e René Simões foi contratado. Agora a missão seria "facilitada" pela saída dele do Tricolor.