icons.title signature.placeholder Marcio Porto e Rodrigo Ciantar
27/12/2013
07:26

O Vasco acompanha de perto a situação de Cortez, que, por vontade do presidente Juvenal Juvêncio, pode mais uma vez não ser utilizado pelo São Paulo. Nos últimos dias, a diretoria cruz-maltina iniciou contato, manifestando desejo de contar com o lateral-esquerdo, por empréstimo.

Como mostrado pelo LANCE!Net no fim da semana passada, Cortez está acertando seu retorno ao Brasil após um período de empréstimo no Benfica (POR). O técnico Muricy Ramalho o quer no grupo, mas Juvenal, não. No clube, uma espécie de birra do presidente com o jogador é apontada como único motivo para ele não ficar no elenco para 2014, já que tem contrato até 2017.

O bom relacionamento entre os clubes pode facilitar para a negociação. Segundo o LANCE!Net apurou, a diretoria do São Paulo dá preferência ao Vasco, caso Cortez de fato não seja utilizado em 2014, o que é bastante provável de acontecer. O próprio lateral ainda aguarda por uma posição, mas a prioridade dele é seguir no Morumbi.

Cortez é um desejo antigo do Vasco. No fim do ano passado, a diretoria chegou a sondar a situação dele junto ao São Paulo, mas não houve avanço. Depois, ele acabou emprestado ao Benfica (POR).

A lateral esquerda é um dos setores mais carentes do time há um bom tempo. Nos últimos anos, nenhum atleta conseguiu se firmar por ali. O último com alguma sequência foi Ramon, em 2009, na Série B do Campeonato Brasileiro.

Nesta temporada, o peruano Yotún foi contratado com status de titular, mas não agradou e já deixou o clube. O jovem Henrique, cria da base, é outra opção.