icons.title signature.placeholder Gabriel Rodrigues
18/12/2013
12:24

O Vasco ainda não recebeu o dinheiro da venda do meia Marlone para o Cruzeiro. Mas os R$ 4,8 milhões que o cruz-maltino vai faturar com a transação já tem destino certo. Quitar salários atrasados de jogadores e funcionários do clube, que estariam sem receber desde setembro, além do pagamento do 13º.

O clube cruz-maltino chegou a dar um desconto de 20% no valor inicialmente pedido a o grupo de investidores responsáveis pela compra do jogador, e procurou dirigentes celestes para receber diretamente o o dinheiro da multa, ao invés da Kalunga, grupo de investidores, realizar o depósito em juízo, o que poderia causar o bloqueio da verba.

- A previsão era de que o dinheiro caísse ontem (terça-feira), mas vamos ver se cai hoje (quarta). Vamos usar esse dinheiro para quitar esses atrasados - disse o vice de futebol do Vasco, Ercolino de Luca, ao LANCE!Net.

Com a queda para a Série B do Brasileiro, o orçamento do Vasco para a próxima temporada deve diminuir, o que já dificulta a renovação de contrato com alguns jogadores. Ainda assim, de Luca demonstrou que a questão dos salários não é prioridade do departamento de futebol:

- A gente passa a folha de pagamento para o financeiro e eles tem que se virar para pagar.

A grande quantidade de dívidas acumuladas causou um problema constante para o Vasco durante toda a temporada. Salários atrasados tornaram-se rotina e culminaram em greves e saídas de atletas