icons.title signature.placeholder Felipe Lucena
icons.title signature.placeholder Felipe Lucena
18/07/2013
11:49

Enquanto garantia a entrada para assistir ao jogo deste domingo, entre Fluminense e Vasco, que marca a reabertura do Maracanã para o futebol carioca, boa parte dos vascaínos se mostrava preocupada. O certo "temor" dos cruz-maltinos se dá por conta da mudança dos locais destinados às torcidas dos dois clubes durante o clássico.

Paula de Souza, uma das cerca de 120 pessoas que compravam ingressos na manhã desta quinta-feira, em São Januário, destacou que algum vascaíno desavisado pode acabar indo para o lado da rampa da Uerj, onde se concentrará a torcida tricolor.

- Isso pode ser perigoso. Vascaínos, acostumados a entrarem por lá, podem dar de cara com a torcida do Flu e isso pode causar problemas, brigas até - frisou a estudante.

Historicamente, a torcida do Vasco sempre entrou no Maracanã pela rampa da Uerj e a do Flamengo pelo Bellini. Fluminense e Botafogo alternavam. No entanto, após a mudança com a nova administração do estádio, o Tricolor terá o direito de entrar pela rampa que era usada pelos cruz-maltinos.

Apesar do clima tenso antes do jogo de domingo, a fila fluiu tranquila e até rapidamente na Colina, logo após a abertura das bilheterias, por volta de 10h. Os torcedores mostravam otimismo e afirmavam contra a violência no dia da partida.

- Comprei numa boa. Não vamos ficar do lado que ficávamos sempre, mas vamos torcer do mesmo jeito e ver o Vascão ganhar no domingo, sem confusões - disse o funcionário público Claudio Lacerda.

Enquanto garantia a entrada para assistir ao jogo deste domingo, entre Fluminense e Vasco, que marca a reabertura do Maracanã para o futebol carioca, boa parte dos vascaínos se mostrava preocupada. O certo "temor" dos cruz-maltinos se dá por conta da mudança dos locais destinados às torcidas dos dois clubes durante o clássico.

Paula de Souza, uma das cerca de 120 pessoas que compravam ingressos na manhã desta quinta-feira, em São Januário, destacou que algum vascaíno desavisado pode acabar indo para o lado da rampa da Uerj, onde se concentrará a torcida tricolor.

- Isso pode ser perigoso. Vascaínos, acostumados a entrarem por lá, podem dar de cara com a torcida do Flu e isso pode causar problemas, brigas até - frisou a estudante.

Historicamente, a torcida do Vasco sempre entrou no Maracanã pela rampa da Uerj e a do Flamengo pelo Bellini. Fluminense e Botafogo alternavam. No entanto, após a mudança com a nova administração do estádio, o Tricolor terá o direito de entrar pela rampa que era usada pelos cruz-maltinos.

Apesar do clima tenso antes do jogo de domingo, a fila fluiu tranquila e até rapidamente na Colina, logo após a abertura das bilheterias, por volta de 10h. Os torcedores mostravam otimismo e afirmavam contra a violência no dia da partida.

- Comprei numa boa. Não vamos ficar do lado que ficávamos sempre, mas vamos torcer do mesmo jeito e ver o Vascão ganhar no domingo, sem confusões - disse o funcionário público Claudio Lacerda.