icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/07/2013
21:25

O Grêmio já tinha um jogador a menos quando Vargas se desentendeu com Amaral, tentou chutar o volante do Criciúma, foi expulso e deixou o Tricolor gaúcho com nove em campo. Minutos depois, o Tigre marcou o gol que garantiu a sua vitória, na noite deste sábado. O atacante chileno garante não ter feito nada para receber o cartão vermelho.

- Eu não sei o que ele viu para me expulsar - disse o camisa 8, ausência certa contra o Fluminense, no próximo domingo, assim como o volante Matheus Biteco, o primeiro a deixar o jogo.

E Vargas ainda defendeu Biteco no lance da expulsão do jovem volante gremista e avaliou como negativa a atuação do árbitro Felipe Gomes da Silva.

- O outro volante (Leandro Brasília) golpeou ele, e ele reagiu. Acho que ele (árbitro) acabou prejudicando o jogo, mas é do jogo.

Segundo Marcos Chitolina, assessor de futebol do Grêmio, Vargas teria tido que foi provocado por Amaral no início do lance que gerou a sua expulsão. Assim que recebeu o cartão vermelho, o camisa 8 se descontrolou e teve de ser contido por seus companheiros.

O certo é que Vargas e Biteco serão punidos com a famosa "caixinha" de Renato Gaúcho.

O Grêmio já tinha um jogador a menos quando Vargas se desentendeu com Amaral, tentou chutar o volante do Criciúma, foi expulso e deixou o Tricolor gaúcho com nove em campo. Minutos depois, o Tigre marcou o gol que garantiu a sua vitória, na noite deste sábado. O atacante chileno garante não ter feito nada para receber o cartão vermelho.

- Eu não sei o que ele viu para me expulsar - disse o camisa 8, ausência certa contra o Fluminense, no próximo domingo, assim como o volante Matheus Biteco, o primeiro a deixar o jogo.

E Vargas ainda defendeu Biteco no lance da expulsão do jovem volante gremista e avaliou como negativa a atuação do árbitro Felipe Gomes da Silva.

- O outro volante (Leandro Brasília) golpeou ele, e ele reagiu. Acho que ele (árbitro) acabou prejudicando o jogo, mas é do jogo.

Segundo Marcos Chitolina, assessor de futebol do Grêmio, Vargas teria tido que foi provocado por Amaral no início do lance que gerou a sua expulsão. Assim que recebeu o cartão vermelho, o camisa 8 se descontrolou e teve de ser contido por seus companheiros.

O certo é que Vargas e Biteco serão punidos com a famosa "caixinha" de Renato Gaúcho.