icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/11/2013
22:53

Pressão fora e dentro de campo. A vida de Vanderlei Luxemburgo não tem sido fácil no comando do Fluminense. Há oito rodadas sem vencer e uma derrota aos 45 minutos do segundo tempo no Fla-Flu com um gol contra de Gum, fazem os holofotes virarem para o treinador e uma pergunta entoou mais alto: fica no Flu?

- Não houve conversa nenhuma (com a diretoria). Eu não vou sair, da minha parte eu não saio. Não sou homem de chegar, de ir embora, vou arregaçar as mangas e continuar o trabalho - disse o técnico.

Com uma longa carreira no mundo da bola, Luxemburgo não mostrou tristeza com o resultado e afirma que tem que trabalhar ainda mais para fugir do rebaixamento.

- Desanima nada, estou acostumado com futebol. Não vou desanimar nem a pau! Não é o primeiro problema no futebol. Sou como vara de marmelo, envergo mas não quebro. Sigo trabalhando. Decidi mudar o time, coloquei no segundo tempo o Rafinha, depois o Diguinho sentiu, aí botei o Igor, Marcelinho sentiu, mantivemos a estrutura. Estamos trabalhando, não estamos parados, o time precisa ainda mais de trabalho - concluiu.

O Fluminense está na 16ª posição, com 36 pontos, e enfrenta o Corinthians, no próximo domingo, às 19h30, na Fonte Luminosa, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.


Flamengo vence e deixa Fluminense em situação complicada