icons.title signature.placeholder Rodrigo Ciantar
08/12/2013
21:47

O torcedor que apareceu neste domingo na briga generalizada na Arena Joinville empunhando um barra de ferro com pregos, na partida entre Atlético-PR e Vasco, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, foi preso pela Polícia Militar.  Ele se chama Leoni Mendes da Silva e tem 23 anos. Junto com ele foram presos os vascaínos Jonathan Santos, 29 anos, e Arthur Barcelos de Lima Ferreira, 26. Três atleticanos também foram detidos mas seus nomes não foram identificados.

Quatro torcedores estão hospitalizados e, apesar do quadro grave, não correm risco de vida. Os atleticanos Estavam Viana, 24 anos, e William Batista, 19, têm traumatismo craniano assim como o cruz-maltino Gabriel Ferreira Vitael, 20. Diego Cordeiro da Costa Ferreira, 29, foi encaminhado para o hospital mas já recebeu alta.

Polícia Militar agiu e torcedores foram presos em Joinville (Foto: Rodrigo Ciantar)


A polícia identificou o vândalo da barra de ferro através de divulgação de imagens. No momento da prisão, ele estava escondido no banheiro do ônibus da torcida organizada.

LEIA MAIS:
> Em jogo marcado por briga, Furacão goleia e rebaixa o Vasco
> Selvageria na Arena Joinville repercute na imprensa internacional

A briga na Arena Joinville começou aos 16 minutos do primeiro tempo após os rubro-negros invadirem o lado cruz-maltino em função da pouca segurança que o estádio contava, já que apenas seguranças particulares tomavam conta do local.

A barra de ferro usada pelo vândalo na arquibancada (Foto: Rodrigo Ciantar)


A PM alega que o Ministério Público de Santa Catarina que decidiu pela não colocação de policiais na parte interna do estádio, mas o órgão nega. O Atlético-PR, mandante da partida, ficou responsável pela contratação de seguranças particulares.

Imagens fortes! Veja a confusão entre torcedores de Vasco e Atlético-PR