icons.title signature.placeholder Rodrigo Ciantar
18/12/2013
09:00

O Vasco trata a contratação de Martin Silva como prioridade para 2014, mas já sabe que a negociação não será das mais fáceis. Na terça-feira, o empresário do goleiro apresentou os custos da operação e tais valores foram considerados altos pela diretoria. As condições estão sendo analisadas internamente para que, nos próximos dias, seja feita uma contraproposta.

A diretoria tenta diminuir os valores da negociação. O clube não dá prazos para o desfecho das tratativas, mas espera anunciar o nome do novo goleiro do time até o fim do ano.

Assim como no caso de Silva, os valores de Eduardo Aranda também são considerados altos para o atual padrão do clube. O volante foi oferecido à diretoria cruz-maltina nesta reunião de terça-feira.

Ambos ficaram valorizados por conta da boa campanha na Libertadores deste ano, pelo Olimpia (PAR). No Brasil, o Internacional já demonstrou interesse na contratação de Silva, mas clubes do México e da Argentina também fizeram contatos. A prioridade, porém, é o Vasco.

- A primeira coisa que perguntei, tanto para o Martin como para o Aranda, depois que o Vasco foi rebaixado, se teriam o mesmo interesse, ambos deram ok. A prioridade é o Vasco, primeiro clube com o qual me reuni, mas quero avisar ao torcedor que não será uma negociação fácil. Vejo disposição por parte da diretoria, se der certo, tudo bem, se não der, faz parte do futebol - disse Régis Marques, empresário de Silva e Aranda, em entrevista à Rádio Tupi.

Vale lembrar que Marcelo Lomba também já recebeu uma proposta do Vasco. Mas a negociação só vai caminhar caso não se chegue a um acordo por Martin Silva, que tem a preferência da diretoria.