icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/11/2014
08:01

Capitão do Palmeiras, Valdivia fez um desabafo após a vitória sobre o Bahia, no domingo. O meia, pendurado com dois cartões amarelos, disse que precisou se "segurar muito" para não receber o terceiro na Fonte Nova, e ser consequentemente desfalque contra o Atlético-MG. A chance de o confronto com o Galo ser no Allianz Parque foi o principal motivo por esta postura mais calma do normalmente explosivo chileno.

- Dentro de campo eu tenho que manter a calma. Estava me segurando muito hoje, porque semana que vem se Deus quiser temos a abertura da nossa arena, e eu estava com dois cartões. Ninguém fala nada, só se fala quando eu tomo o amarelo, e aí vem: "de novo o Valdivia está suspenso". Mas não falam que estou há três, quatro jogos sem cartão. Hoje (Domingo) me segurei muito, porque eu queria muito estar presente no próximo jogo - falou o camisa 10 que, na realidade, não é advertido há duas rodadas, e deixou para reclamar no Twitter.

Em sua página, o jogador postou um vídeo de uma trombada forte dada por Lucas Fonseca nele dentro da área do Bahia, e escreveu: "Segue o jogo, não foi nada (SQN - só que não). Falta gigante que ninguém viu! Ahhhh se fosse ao contrário", reclamou o jogador.

Quanto ao próximo jogo, o discurso do meia, que deseja ser o capitão na estreia da nova casa, é de fé na mudança do mando, por enquanto previsto para o Pacaembu. Embora o prazo para a transferência do jogo já tenha estourado (era até a última quarta, quando o clube fez o pedido), Palmeiras e WTorre têm uma pequena esperança de que a partida aconteça no novo estádio alviverde.

De acordo com o governador Geraldo Alckmin, um encontro ocorrerá nesta segunda para tentar viabilizar o jogo do dia 8 na arena - na terça, a Polícia Militar deve fazer a vistoria no local. Por enquanto, a possibilidade mais real é de que a estreia no reformado Palestra Itália ocorra no dia 20, contra o Sport, mas time e comissão técnica sabem do trabalho nos bastidores para a antecipação.

- A informação que eu tenho é a mesma de vocês, de uma suposição, de que estão tentando confirmar a data. Ainda não tem uma confirmação. (Se o Valdivia) mantiver a postura, vai ser o capitão do time (na estreia da arena). Fico feliz, porque ele vem sendo importantíssimo para a equipe - resumiu Dorival Júnior.