icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/11/2013
15:04

Valdivia vê com bons olhos a nova estratégia da diretoria do Palmeiras, posta em prática na renovação de contrato de Gilson Kleina, de reduzir o salário e oferecer bonificações generosas para metas alcançadas. O Mago diz que até aceitaria essas condições para ficar no clube em 2014.

- Para ficar no Palmeiras no ano do centenário? Sim, com certeza - disse o chileno, em entrevista à TV Estadão, nesta sexta.

Valdivia tem contrato até 17 de agosto de 2015 e não precisará reduzir o salário para continuar no Palmeiras. Mesmo assim, diz que a visibilidade no clube será muito maior no próximo ano.

- No futebol não é muito estranho contrato de produtividade, fazem com jogador e treinador. Se aqui é incomum, eu não sabia. Tenho certeza que o Kleina pensou que ser o treinador do Palmeiras no centenário vai dar muita moral a ele, uma valorização diferente. Não vejo muito problema. Ele deve ter pensado muito bem no que vai ser o Palmeiras ano que vem. No mundo não é incomum, não. Tem muitos casos de jogador que já assinou por produtividade - completou o Mago.

Com uma contratura na coxa direita, o camisa 10 está vetado do jogo deste sábado, contra a Chapecoense, fora de casa. Portanto, ele só volta na próxima temporada.